Publicado 01/07/2019 - 14h42 - Atualizado 01/07/2019 - 14h43

Por Da Redação da Metrópole

Grupo de estudantes em Sidney, quando viajaram para intercâmbio na Austrália e Nova Zelândia

Divulgação

Grupo de estudantes em Sidney, quando viajaram para intercâmbio na Austrália e Nova Zelândia

Para quem gosta de aproveitar as férias fora do País, a agência Experimento Intercâmbio Cultural oferece um leque de opções em que o estudante pode fazer um programa com vários atividades em julho enquanto aprende um idioma. Os destinos mais procurados são Canadá , Estados Unidos e Inglaterra “Para os jovens que amam esportes, temos futebol em Manchester City com aulas no famoso campo Etihad Stadium, com inglês ou apenas futebol, por duas semanas. Temos também tênis na Califórnia no Nike Sports Camp com direito a inglês por três semanas. Tudo é supervisionado e os pais ficam tranquilos e entendem que é uma oportunidade para os filhos entrarem em contato com jovens do mundo inteiro e começar a entender mais de perto, o que realmente significam as diferenças culturais”, diz a especialista em educação internacional da agência de intercâmbio, Vera Cleto. “As atividades começam aos domingos, a partir da primeira semana de julho”, diz Vera. 
A Experimento oferece programas em grupo, e o estudante sai do Brasil com um líder, e os internacionais para aqueles mais maduros e descolados, que viajam individualmente. Nessa opção, o mais procurado é o focado em liderança e carreira. “Os estudantes já experientes vão aprender a serem os líderes do amanhã e vão se preparar para entrar em uma universidade top no Exterior. A duração é de três semanas na Inglaterra”, comenta Vera. Para quem deseja já se programar para as férias de janeiro de 2020, a agência já oferece intercâmbios de pura diversão e aprendizado. Desde passeios na neve a aulas de surf. “Temos esqui na neve  para os que querem esquiar na Suíça, no Les Elfes, e ter aulas de inglês a partir de  uma semana. Vivência no programa High School Experience, no qual o jovem vai estudar e ficar com uma família canadense por três semanas.  Surf e inglês na Austrália com uma viagem de sete dias na Nova Zelândia, optar por  três semanas em Vancouver ou ir para a Califórnia onde fará  inglês e curtirá vários passeios”, comenta Vera.
A estudante Beatrice Moraes, de 16 anos, recorda a experiência do intercâmbio que fez no ano passado e que superou suas expectativas. “Vivenciar algo que passamos tanto tempo planejando é de uma coragem muito grande. Fiz o Summer Camp de Acting For Film na New York Film Academy, em Los Angeles. Durante aquele Verão, parecia estar em um universo paralelo. Desde os 10 anos, sou fascinada por cinema e era a primeira vez que convivi de perto no maior pólo da indústria cinematográfica do mundo, fazendo aquilo que  amava: cinema. Tive aulas com profissionais importantes e atuantes no mercado, gravações no set da Universal Studios com uso de material de ponta. Meus professores eram muito queridos e tornaram a experiência leve e produtiva”, diz a estudante. Apesar da paixão pelo cinema, o grande responsável pelo marcante intercâmbio foram os novos amigos que fez nas férias. “O que realmente tornou essa a melhor experiência que pude ter vivido foram as pessoas que conheci e que hoje, após um ano, ainda posso chamar de amigos. Foram do mundo inteiro desde o Casaquistão, África, Bélgica, Dubai, Emirados Árabes, Índia e a lista vai longe. Criei laços afetivos em intensidades diferentes com cada um deles, afinal, conviver praticamente 24 horas fez com que criássemos uma grande família. Foram jantares preparados por mim, excursões a lugares incríveis da cidade e aulas divertidas que ficarão para sempre na minha vida”, diz Beatrice.
ONDE:
Experimento
R. Xavier Mayer, 50, Sala 18, Vitoria Mall, Sousas, Gramado, f. (19) 3258-7890 ou 99679 9966

Escrito por:

Da Redação da Metrópole