Publicado 28/10/2019 - 14h19 - Atualizado 28/10/2019 - 14h56

Por Da Redação da Metrópole

Preparar um indivíduo para a vida é uma tarefa dividida entre a escola e a família

I Stock

Preparar um indivíduo para a vida é uma tarefa dividida entre a escola e a família

As matrículas escolares estão abertas para o calendário de 2020. As opções em Campinas são as mais variadas e a decisão por uma ou outra demanda muita pesquisa até que os pais encontrem a escola mais afinada com seus ideais e e com suas expectativas para a formação intelectual, humana, social, moral e ética que melhor se enquadra no perfil dos seus filhos. Nesta edição trazemos algumas das escolas e faculdades de renome na cidade, que abracem todos os níveis de escolaridade, para que os leitores conheçam um pouco mais de cada uma e decidam a que melhor se encaixa em seus objetivos.
Clínica Thymus
Educação psicomotora previne problemas futuros
Atualmente, existe uma proporção significativa de crianças que possuem dificuldades em acompanhar as exigências escolares. Os fatores que podem influenciar as limitações da aprendizagem passam por questões afetivas, deficiências, falta de estimulação, imaturidade e até mesmo o meio em que se está inserido. “As crianças com dificuldades de aprendizagem podem manifestar uma combinação de defasagens tais como: atenção, concentração, processamento da informação, dificuldade em identificar e interpretar os estímulos auditivos e visuais. Esses sinais interferem na aprendizagem simbólica e no processo de memorização, que podem estar relacionados com os problemas psicomotores”, destaca a psicomotricista Raiana Bertelli, especializada na França.
A especialista cita alguns exemplos comuns no consultório. “Tem crianças que têm dificuldade da coordenação motora e da noção espaço-temporal, que pode originar uma leitura lenta, com pontuações e entonações inadequadas. Já na parte gráfica, as dificuldades colaboram para que a criança escreva duas ou mais palavras unidas, fora da linha do caderno e dificuldade na escrita”, conta.
A psicomotricidade contribui para desenvolver pré-requisitos fundamentais que vão facilitar a aprendizagem escolar. As ações psicomotoras estimulam os aspectos motor, cognitivo e afetivo. “Desenvolvemos na criança e no adolescente competências para que tenham o conhecimento de seu próprio corpo, possua a capacidade de se orientar no espaço, desenvolva o controle do seu tempo e ritmo nas atividades e realize habilidades motoras globais e finas de forma coordenada. Isso contribuirá com todo o processo de aprendizagem”, destaca Raiana.
Segundo ela, a educação psicomotora é muito importante na prevenção de problemas futuros, pois desenvolve e amadurece habilidades que facilitam na aprendizagem e no dia a dia. “A reeducação psicomotora é realizada com base nas dificuldades ou limitações apresentadas pela criança. As terapias são para estruturar e reeducar todas as funções psicomotoras, auxiliando na autonomia, no processo escolar e nas situações do cotidiano”, conta.
Onde:
Psicomotricista Raiana Tainá Bertelli - Clínica Thymus
Avenida Drº Jesuíno Marcondes Machado, 2407 – Chácara da Barra – Campinas
Telefone: (19) 3365-7649 ou (19) 99215-4443
 
Escola Brasinha
Referência em Educação Infantil há 40 anos
A Educação Infantil é uma fase essencial para a formação do homem. Professores especialistas e conscientes da importância de seu papel de formador e mediador na aquisição de novos conhecimentos e da descoberta do mundo, são fundamentais nesta fase da criança. Para que a criança sinta-se amada, única e sujeito ativo do processo de aprendizagem, a Escola Brasinha, que este ano completa 40 anos, possui ambientes distintos para cada faixa etária.
No Berçário, os bebês contam com um espaço exclusivo a partir de três meses, com um ambiente enriquecedor, salas de estimulação completas, com piso especial, antialérgico e higiênico, local exclusivo para as mães que amamentam, berços exclusivos para cada bebê (período integral), banheira em aço inox. Além disso, a escola oferece pedagoga e técnica de enfermagem em tempo integral, estímulo musical, com profissional formado em música, psicomotor, com pessoa formada em educação física, e sensório-motor, a cargo de um fisioterapeuta. Os pequenos ainda contam com espaço exclusivo com salas de aulas, parques, tanque de areia, solário, horta, banheiros próprios para cada idade e uma cozinha industrial, totalmente pensada e preparada para servir nossos alunos. O grande diferencial são os professores e a equipe pedagógica.
O material didático utilizado é o sistema Uno Internacional, com ênfase no estudo da língua inglesa diariamente e no uso da tecnologia, com salas de aulas preparadas com tecnologia Apple. “Trabalhamos de forma integrada com diferentes áreas do conhecimento, através de uma filosofia progressiva, baseada na metodologia de projetos”, diz Thiara Pédico Saragiotto, gestora educacional da Escola Brasinha.
Na grade curricular, os alunos contam com música, educação física, educação ambiental e inglês, além de atividades opcionais como capoeira, karatê, balé, teatro e futebol. No período oposto ao pedagógico, oferecemos muitas atividades, como yoga, pilates, dama, além de duas horas diárias de recreação em inglês. “A Escola Brasinha aos poucos, mas profundamente, torna-se parte da história de vida da criança e ela também passa, para sempre, a fazer parte da história da nossa escola”, diz Thiara. Com a necessidade de as famílias contarem com um ambiente seguro e afetivo, em 1999, foi fundado o Colégio Lyon Campinas, ensino fundamental I, II e Médio, com os mesmos princípios e valores da Escola Brasinha.

ONDE:
Escola Brasinha
Rua Luiz Dalincourt, 288, Bosque
Telefone: (19) 3252-9200
 
Colégio Farroupilha
Escola trabalha a empatia no convívio diário
Em um mundo globalizado, com pessoas hiperconectadas, em que a preocupação com o semelhante está apenas no número de curtidas, praticar a empatia é uma necessidade. Ainda mais que ela é uma das competências mais importantes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).  Com o projeto “Vivenciar a Empatia, Amizade em Sintonia”, o Colégio Farroupilha trabalha o sentimento levando o aluno a se colocar no lugar do outro para lidar melhor com as relações interpessoais, um exercício praticado diariamente. O projeto está sendo trabalhado com todas as turmas do colégio, que vai desde a Educação Infantil até as séries finais do Ensino Fundamental (9º ano). “Ele tem a participação de toda a equipe pedagógica, pois sabemos que a empatia é fundamental na relação professor/aluno para o processo ensino-aprendizagem, que contempla a afetividade, o diálogo e a ajuda em enfrentar os desafios típicos dessa fase de estudante”, diz Simone Rached, diretora pedagógica do Colégio Farroupilha. Na prática, a ação é desenvolvida em todo momento, como nas salas de aula, intervalos e nas horas livres. As atividades são variadas como: desenhos, contação de história, oficinas de leitura, jogos, reflexões sobre filmes que contemplem temáticas do projeto, trabalho em equipe, teatro, entre outros. “O cotidiano também ajuda no trabalho de empatia, pois a cada situação enfrentada, podemos ensinar a praticá-la. Essa sem dúvida é a melhor parte da lição”, comenta Simone. O projeto também contribui para aproximar ainda mais a interação entre pais e a escola. “Eles são convidados constantemente para desenvolverem atividades com seus filhos, proporcionando momentos de aprendizagem e afetividade e sentem-se acolhidos entre eles e pela escola. O resultado das atividades sempre é gratificante. Nosso objetivo maior é ajudar a construir uma sociedade mais justa, promovendo harmonia, paz e respeito”, diz a diretora.
ONDE:
Colégio Farroupilha
R. Fernão Lopes, 1420, Parque Taquaral,
Telefone: (19) 3241-7811
 
Baronesa – Recanto Infantil
Bilinguismo é valorizado na Educação Infantil
Há 45 anos em Campinas, a Escola Baronesa atua como referência em qualidade na Educação Infantil. Com proposta pedagógica e metodologia inovadora, prima pelo excelente atendimento às famílias campineiras. A escola aposta em seus projetos diferenciados para incentivar não só o aprendizado das crianças, mas aguçar diferentes aspectos desde o cognitivo e afetivo até o sócio-moral e motor.
Sendo assim, entre as principais iniciativas anuais da escola está o projeto de ensino bilíngue. A partir do maternal com aulas lúdicas e criativas e com base nos materiais da Positivo, a Baronesa incentiva as crianças a praticar a língua inglesa. A ideia é, além de despertar o interesse do aluno pelo o idioma, valorizar a expressão, criatividade e iniciativa da criança e, ainda, favorecer o processo dinâmico de construção coletiva de conhecimento. Além disso, outros programas como o “Ler e Aprender se divertindo”, “Horta e Alimentação Saudável”, “Meio ambiente e Sustentabilidade” e “Educação Sócio-emocional” aproveitam os diversos recursos e espaços do colégio, instalado em uma área de 1.300m² com parques, quadras, tanque de areia, horta, refeitório, biblioteca, espaço culinário e de artes, camarim, sala da psicomotricidade e para a hora do conto. A Baronesa busca explorar ao máximo a inteligência e a capacidade de socialização dos pequenos aprendizes e possui ainda um sistema de monitoramento e segurança com câmeras em todas as áreas e berçário em ambiente exclusivo.
A Escola Baronesa está regulamentada de acordo com a legislação, autorizada pela Portaria da Secretaria Municipal de Educação 52/2010, garantindo responsabilidade e profissionalismo. A instituição prioriza uma educação significativa, individualizada e criativa, utilizando o método de ensino sociointeracionista. O colégio tem como missão atuar na Educação Infantil oferecendo condições para a criança crescer e se tornar um cidadão consciente, proporcionando um ambiente acolhedor que a estimule com autonomia para interagir com o meio e desenvolver competências para a vida. O ensino, inclusive, possui como embasamento teórico as ideias de Piaget, Vygotsky e Wallon, pensadores históricos.


ONDE:
Baronesa - Recanto Infantil
Av. Júlio Diniz, 411, Jd. Nossa Senhora Auxiliadora
Telefone: (19) 3242-5202 ou (19) 99700-7009
 
Colégio Raphael Di Santo
Educação socioemocional é levada muito a sério
O Colégio Raphael Di Santo, da unidade Garcia, que atende o Ensino Fundamental II (6° ano ao 8° ano) e Ensino Médio (1° ano ao 3° ano), e o da unidade Mimosa, que atende do Berçário ao Ensino Médio, levam a educação socioemocional muito a sério. “Não é uma matéria em si, não possui uma cartilha e nem roteiro. É um programa obrigatório dentro de todas as aulas de todas as disciplinas ensinadas no colégio. Todos os professores são capacitados para lidar com as diferentes personalidades de cada indivíduo dentro e fora da sala de aula”, diz Michele Bury, assessora de imprensa do colégio. 
As metodologias ativas são utilizadas para que o aluno possa compreender seu protagonismo como receptor do saber e o seu lugar como indivíduo no universo. Para que tal evolução ocorra com sucesso, a inteligência emocional, a saúde mental e a vivência em sociedade são processos também abordados pelos professores. Um dos projetos em que a educação socioemocional é parte ativa é o “Valores no Esporte”, que tem como intuito incentivar o respeito ao próximo, a empatia e o convívio em sociedade. Dentro desse projeto, é possível perceber a interação dos alunos e como isso está afetando o dia a dia de cada um. Em ambas as unidades do Raphael Di Santo, a preocupação com a saúde mental, inteligência afetiva e imersão na sociedade são tratadas com extrema naturalidade e foco dentro das unidades. Além das aulas sempre direcionadas, todos têm acesso à orientação pedagógica, ao departamento responsável pelos atendimentos pessoais ao aluno e à família, que é uma parte importante do processo de construção e evolução de cada estudante. “A repercussão é extremamente positiva, já que o estudante sabe que aqui dentro ele é notado e valorizado por ser quem é e a família tem a segurança de que seu filho passa boa parte de seus dias em um ambiente saudável e seguro para seu desenvolvimento pleno”, diz Michele.

ONDE:
Colégio Raphael Di Santo
Unidade Garcia: Rua Antonio Ferreira Laranja ,57, Jardim Garcia
Telefone: (19) 3728-7700

Unidade Mimosa: Rua das Gardênias, 90
Telefone: (19) 3269-3569
 
Colégio Vivendo e Aprendendo
Aluno é o protagonista de seu aprendizado
Um dos principais objetivos do Colégio Vivendo e Aprendendo, que atende desde o Berçário até o Ensino Fundamental I (1° ao 5° ano), é preparar os alunos para a vida de forma globalizada. Para formar alunos competentes e sábios, o colégio mostra que não há diferença entre o estudante e o ser humano. Esse é o pontapé para o desenvolvimento da educação socioemocional integrada, uma competência indiscutivelmente necessária para a formação pessoal de cada criança. Ainda mais agora que a educação socioemocional é tão falada após a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) determinar sua prática. “Há 34 anos, já implantamos esse conceito com nossos alunos. Por isso, é importante dizer que não há período de adaptação, pois já faz parte de toda a estrutura pedagógica desde o berçário. Os professores utilizam as metodologias ativas para colocar o aluno como protagonista de seu aprendizado e crescimento, mostrando a sua capacidade de lidar com seus sentimentos relacionados ao mundo em que vive”, diz Michele Bury, assessora de imprensa do colégio. 
Além disso, o colégio realiza projetos anuais que visam sempre trabalhar a inteligência emocional e saúde mental dos alunos. “Pode parecer prematuro falar disso com crianças, mas desde os anos iniciais se faz necessária essa iniciativa. Os processos através dos quais os alunos compreendem a importância da educação socioemocional, dão-se por meio da grade curricular através de todas as atividades propostas e reflete efetivamente em toda a vida do estudante”, explica. A participação da família também é de extrema importância. A repercussão desse novo olhar pedagógico para o aluno tem sido ótima. “Todos entendem que a Educação Socioemocional é um processo que deve ser seguido e respeitado, e dessa forma todos trabalham em prol do bem da criança como indivíduo e como parte de um todo”, diz.

ONDE:
Colégio Vivendo e Aprendendo
Rua Major José Julia Toja Martinez Filho, 189, Jardim Garcia
Telefone: (19) 3269-4793
 
São Leopoldo Mandic
Ensino humanizado na área de saúde
A partir de um excelente corpo docente, com vasta experiência em formação médica e odontológica, a São Leopoldo Mandic está há 30 anos permitindo aos alunos uma formação aprofundada, voltada ao aperfeiçoamento constante e com atendimento adequado ao conjunto da população. Além disso, a faculdade aposta em um extraordinário investimento em tecnologia de ponta destinado a atualizar constantemente os alunos com as mais recentes inovações e uma carga horária extensa e completa, com um consolidado ensino humanizado na área da saúde.

Diante disso, a proposta pedagógica da São Leopoldo Mandic investe nas inúmeras metodologias ativas, que ganharam corpo na atualidade, as quais visam levar o aluno para o centro da aprendizagem. Como relata a coordenadora pedagógica da Mandic, Angela Correa Silva, o projeto leva em consideração a autonomia do aluno, a participação dos sujeitos em aula, o desenvolvimento das aprendizagens por intermédio de um processo de ensino dinâmico e não linear e que proporcione reflexão permanente: “Consiste em trabalhar a partir de situações-problemas reais, por meio das quais os alunos devem superar desafios e construir novos conhecimentos. Suas principais características envolvem a participação do estudante a partir das dimensões sensório-motora, afetivo-emocional e mental-cognitiva”, explica Angela. Além disso, a coordenadora destaca a aplicação de múltiplas formas de aprendizagem por meio de inúmeros objetivos e a contextualização do conhecimento, principalmente dando sentido à realidade na qual o aluno atua e desenvolve os seus estudos, utilizando diversos recursos tanto científicos quanto culturais e tecnológicos.

Por falar nos alunos da Mandic, a coordenadora Angela é objetiva: “O perfil dos alunos da São Leopoldo é atuante e proativo, interessados em desenvolver práticas sociais aliadas à área da saúde”. Para isso, a faculdade se aproveita dessas metodologias ativas para permitir aos estudantes desenvolver a capacidade de aprimorar a reflexão por intermédio do aprender a fazer boas perguntas, desenvolver a capacidade de decompor problemas complexos a partir da mediação e ações multidisciplinares e aprender a coletar dados para a análise de situações e casos diversos, o que lhes permite visualizar soluções para novos problemas e desafios. Sendo assim, Angela explica: “Todas essas possibilidades, permitem também desenvolver capacidades de comunicação tanto de forma oral quanto escrita. A aprendizagem constante e aprimorada com a incorporação das novas tecnologias torna o aluno responsável pelo prazer em aprender constante, fator primordial para as novas gerações”.

ONDE:
São Leopolod Mandic
Rua Dr. José Rocha Junqueira, 13, Swift, Campinas
Telefone: 19) 3211-3600 ou (19) 3211-3700 ou 0800 941 7 941
 
Colégio Notre Dame
Currículos internacionais compõem o diferencial do colégio
Instalado em uma área de 90.000 m² na região do Distrito de Sousas, atendendo a mais de 1.700 alunos, distribuídos desde o Ensino Fundamental até o Ensino Médio, com opção de período integral do 1º ao 5º ano, o Colégio Notre Dame Campinas é sinônimo de sucesso na educação de crianças e adolescentes. Entre as principais atividades oferecidas pela escola, estão os currículos internacionais e seus três programas opcionais, que acompanham todo o ensino básico, do Infantil ao Ensino Médio. Diferentemente dos cursos de idiomas, em que o foco está apenas no aprendizado da língua, os currículos do Notre Dame são diferenciados e desenvolvem as habilidades, a formação humana e a educação socioemocional dos alunos ao utilizar o inglês como ferramenta de aquisição do conhecimento.
A comunicação através da língua inglesa está presente em todas as atividades dos currículos internacionais, permitindo que o aluno aprenda inglês com naturalidade desde cedo. No programa bilíngue, por exemplo, umas das três iniciativas da escola, o aluno já pode ingressar aos três anos de idade na Educação Infantil. Teorias de aquisição de linguagem comprovam que, quanto mais novo o indivíduo, maior a possibilidade de desenvolver uma segunda língua com excelente grau de proficiência. Quanto mais jovem, maior a plasticidade cerebral que aproxima o aluno do domínio nativo de outra língua. O programa abrange alunos do Maternal 2 ao 5º ano do Ensino Fundamental, e aulas de linguagem, ciências, matemática, tecnologia e formação de valores como as disciplinas que compõem a grade curricular.
Enquanto isso, o Middle School Leaders é um programa opcional destinado a alunos de 6ºs a 8ºs anos do Ensino Fundamental, e é oferecido em parceria com a Brigham Young University, classificada entre as 100 melhores dos Estados Unidos. Seu currículo é baseado na metodologia STEAM, que integra as áreas de ciências, tecnologia, engenharia, arte e matemática, estimulando o desenvolvimento de habilidades do século XXI, como a colaboração, o pensamento crítico, a comunicação, a ética, a solidariedade, a inovação, a resolução de problemas e a criatividade.
Por fim, há o programa High School, o qual permite que, ao final do Ensino Médio, o aluno receba dois diplomas oficiais de conclusão: o brasileiro e o americano. Ao optar pelo HS, o estudante deve cursar, em inglês, disciplinas exclusivas do currículo americano como redação e literatura, economia, oratória, debate, história e governo americano, saúde, além da possibilidade de escolher disciplinas eletivas ou avançadas que enriquecem seu histórico escolar.

ONDE:
Colégio Notre-Dame
Rua Egberto Ferreira de Arruda Camargo, 151, Notre-Dame
Telefone: (19) 2138-8330

Acampamento Peraltas
Aventura que só traz benefícios para as crianças
Com as férias de janeiro se aproximando, uns dias de acampamento são saudáveis para qualquer criança. E os benefícios de uma aventura como essa devem ser levados em consideração. De modo geral, os ganhos são enormes do ponto de vista de educação, socialização e preparação para a vida adulta. Para comprovar isso, a American Camp Association (ACA) realizou um estudo com mais de 5 mil famílias para identificar os benefícios para as crianças e jovens.

Em especial, os acampamentos esportivos oferecem lições de vida como responsabilidade, trabalho focado, além de desenvolver a consciência de cuidar da saúde e do bem-estar. E, claro, as crianças conseguem melhorar suas habilidades esportivas rapidamente. Foi com esses objetivos que o Peraltas preparou uma temporada especial de Vôlei Camping, que será realizada entre 9 e 13 de dezembro, para jovens entre 11 e 14 anos. Com acomodação em quartos sêxtuplos, o Vôlei Camping inclui treinamento técnico no período da manhã e tático no período da tarde. Serão realizados campeonatos com entrega de medalhas e certificado de participação.

Sempre em regime completo de alimentação, no valor do pacote também está incluso um ingresso para fazer uma sessão de observação das estrelas no planetário da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo), seguro saúde, atividades orientadas pela equipe de lazer do acampamento, oficinas variadas, utilização de toda a infraestrutura do Peraltas e transporte SP/Brotas/SP.

Além do Vôlei Camping em dezembro, haverá ainda a temporada de férias de janeiro, com a temática “Heróis e Vilões”. Os participantes mergulharão no mundo lúdico de personagens como Batman, Superman, Coringa, Homem de Ferro, Mulher Maravilha, Capitão America, entre outros. Mas também haverá oficina de Tie Dye para customização de camisetas criativas, Gincana dos Vingadores, Esquadrão Suicida, Hero’s Challenge, e muito mais. “O estímulo da imaginação na infância e adolescência é fundamental para a formação de adultos criativos”, afirma Marília Rabello, gerente do Peraltas.

Estão disponíveis datas entre 06 e 26 de janeiro, com períodos pré-programados que variam de 5, 6 e 7 dias, mas também há opções de ficar no acampamento por quanto tempo quiser: os preços vão ficando mais atraentes de acordo com a quantidade de diárias. Além disso, têm tarifas especiais para irmãos.

Sobre o Peraltas

Com 40 anos de atuação, em termos de infraestrutura, o Acampamento Peraltas possui um parque aquático com cinco piscinas, sendo três climatizadas, dois tobogãs, futebol de sabão, sauna, ginásio com cama elástica, touro mecânico, paredão de escalada, quadras poliesportivas, academia, campos de futebol, paintball, fazendinha com mini zoológico, lago com tirolesa, stand up, slack line, sala de TV, brinquedoteca, e muito mais. No que se refere à segurança, o acampamento possui atendimento médico no local, com enfermeira 24h e ambulatório médico e os participantes são monitorados em período integral.
ONDE:
Acampamento Peraltas
Site: www.temporada.peraltas.com.br
Telefone: (14) 3653-9998 / (11) 3035-1900
Colégio Renovatus
Uma escola inserida no século XXI
Já parou para pensar como a escola tem se preparado para receber a criança do século XXI? O Colégio Renovatus, que trabalha com Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, realiza constantemente estudos sobre as reais necessidades e os desafios da educação e, com isso, busca adaptar as necessidades reais dos alunos atuais. “Hoje em dia não dá mais para pensar na escola em que o ambiente era composto por apenas lousa, giz, carteiras enfileiradas e um professor que é o astro do show, aquele que sabe tudo, detêm o conhecimento e o poder”, destaca a gestora do Colégio Renovatus, Alessandra Cardelli.

A geração alpha (crianças nascidas após 2010) já está em sala de aula. “Nosso desafio é transformar a escola em um ambiente alegre, de interação e produção do conhecimento, onde o aluno é o protagonista de todo processo de aprendizagem”, conta.

Atentas a essa demanda o Colégio Renovatus tem trabalhado com pilares que tem feito a diferença na vida dos alunos. Um dos pontos de destaque é o programa de bilinguismo. “Nossos alunos saem com certificação Internacional Cambridge, sem custo adicional aos pais, e um programa de aplicação para universidades estrangeiras para alunos do Ensino Médio”, conta a gestora.

Outro ponto de destaque é a cultura digital que tornou-se uma realidade na vida das famílias. A partir do segundo ano do Ensino Fundamental os alunos do Renovatus têm aulas de linguagem de programação e projetos de cultura Maker. “São atividades muito interessantes que vão desde aprender a encontrar soluções para problemas reais, utilizando a robótica e ferramentas tecnológicas, quanto o uso de uma impressora 3D até prototipar novas ideias”, diz.

Outro ponto fundamental trabalhado dentro do Colégio Renovatus é a educação emocional. “Enxergamos o aluno como um todo e os programas “Aprender a Ser” e “Aprender a Pensar”, discutem com eles estratégias de resolução de problemas que passam por conhecer a si mesmo e aos outros”, afirma Alessandra.

Pensando no cidadão como um todo o Renovatus faz parte da rede PEA-Unesco e trabalha a Cidadania Global por meio de uma rede de escolas e projetos que possibilitam aos alunos vivenciarem experiências que impactam sua comunidade, sua cidade e o mundo.

O Renovatus também faz uso das metodologias de trabalho ativas que visam estimular a criatividade, contribuir para que os alunos se tornem mais resolutivos, autônomos e empáticos. Para isso, utiliza instrumentos de planejamentos como “design thinking”, canvas e prototipagem. A escola também utiliza plataformas como Apple e Google for Education, adaptadas às novas gerações que estão na escola.

ONDE:
Colégio Renovatus
Rua 24 de maio, 731 – Vila Industrial – Campinas/SP
Telefone: (19) 3272-8699
 
Instituto Educacional Imaculada
Escola tem como linha mestra educar evangelizando
A educação, em sua totalidade, sempre foi e será uma preocupação da formação oferecida pelo Instituto Educacional Imaculada, segundo a direção da escola. Diante disso, a instituição desenvolve projetos pedagógicos e sociais a fim de sustentar sua proposta de ensino e aprendizagem promovendo habilidades e competências em todos os campos do conhecimento. “Desde a Educação Infantil até o Ensino Médio há projetos direcionados aos alunos, às famílias e à comunidade”, explica a diretora do colégio, Silvia Helena Maltoni Ferreira.
O instituto conta com um programa bilíngue na Educação Infantil, em parceria com a Educate Bilingual Program da Richmond. Os alunos do maternal I têm três aulas semanais e, a partir do maternal II, passam a ter cinco aulas semanais, com material e acesso ao sistema Educate. O programa ainda contempla o 1º ano do Ensino Fundamental e, a partir de 2020, será implantado do 2º ao 5º ano.
De todos os projetos criados no Imaculada, o central está vinculado à Campanha da Fraternidade, que norteia a ação da instituição diante dos alunos e da comunidade. Neste ano, a iniciativa focou no tema Fraternidade e Políticas Públicas e no lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça”. Foi a partir dessa ideia, conta Silvia, que todos os segmentos da escola direcionaram seus projetos e atividades para levar aos alunos e à comunidade a proposta de educação com o questionamento: Somos Fraternos?
Na Educação Infantil, foi criado um subtema para envolver os menores, que trabalharam com “Se brincar tem hora, porque não agora?”. Várias atividades proporcionaram às crianças um maior conhecimento sobre os direitos e deveres da criança cidadã. “Os pequenos trabalharam os cuidados com o meio ambiente e a sustentabilidade e a construção para uma sociedade mais justa e fraterna”, lembra.

Feira Cultural
Outro projeto da escola é a feira cultural, considerada um momento de ápice, pois é quando a instituição apresenta sua proposta educativa, sempre pautada nos valores do Evangelho – essa é a linha mestra da escola. “O Ensino Fundamental, com bastante dinamismo, foca a questão da solidariedade. Os projetos enriquecem ainda mais a importância de ser amigo e de se importar com aqueles que são excluídos de nossa sociedade. Essa visão traz aos jovens a capacidade de perceber sua corresponsabilidade numa sociedade em que ele não é único, mas atua em conjunto com os demais para um bem comum e geral”, observa a diretora.
Já os alunos do Ensino Médio participam de peças teatrais educativas, noites literárias e feira de ciências para enaltecer a proposta do colégio, que é a de educar evangelizando e evangelizar educando.
Ainda, para estimular os estudantes, são desenvolvidas iniciativas que viabilizam um contato direto com associações carentes. “E, junto delas, os responsáveis participam ativamente para ensinar que todos somos iguais diante de Deus. Nossos jovens desenvolvem atividades em parceria com essas comunidades e colhem frutos sem igual: a diferença os faz iguais”, informa a educadora.

Google para Educação
O Imaculada é um dos colégios pioneiros na parceria com o programa Google For Education. Os dispositivos compartilháveis e as ferramentas colaborativas do programa ajudam os professores a preparar todos os alunos com formas novas e mais interessantes de aprender as habilidades necessárias para o mundo digital. A diretora do colégio, Silvia Helena Maltoni Ferreira, garante que os pais, alunos e toda a comunidade participam desse processo educativo oferecido pelo Imaculada, afim de estreitarem a relação e o contato mútuo que toda aprendizagem requer. “Em suma, a missão educativa tem o seu ápice em educar evangelizando e evangelizar educando, como sonhou Santa Cândida”, conclui a diretora.
ONDE:
Instituto Educacional Imaculada
Av. Barão de Itapura, 1735 – Guanabara
Telefone: (19) 3231-7911
 
Colégio Lyon Campinas
Escola cultiva a empatia entre os alunos
O respeito à diversidade e o desenvolvimento da tolerância são indispensáveis para que os jovens consigam se relacionar com outras pessoas, trabalhar em equipe e entender o ponto de vista do outro. Diante de elementos como esses, e focado em educar cidadãos mais empáticos a cada ano, o Colégio Lyon Campinas cria um novo projeto sociocultural escolhido com o objetivo de ampliar a visão de mundo, autoconhecimento, interações e pluralidade cultural. Este ano, por exemplo, o tema é "Homem: A força e a fragilidade do ser". O fechamento deste projeto acontece durante a Feira Cultural, no mês de outubro.
Com Ensino Fundamental completo e o Ensino Médio, o colégio conta com uma equipe capacitada e em constante aprimoramento. “Sabemos que a educação é fruto de muito amor, responsabilidade e disciplina. Os valores humanos, dos quais não perdemos o foco, assim como um ensino reflexivo e eficiente, fazem do Lyon um colégio preparado para, junto com as famílias, acompanhar adequadamente esta nova geração que, ao mesmo tempo em que nos desafia, necessita tanto de nossos cuidados”, diz Thiara Pédico Saragiotto, gestora educacional do Colégio Lyon Campinas.
O material utilizado é o Uno Internacional, que além de apostilas, conta ainda com uma plataforma de conteúdos digitais de importantes instituições (Unesco, WWF, Animal Planet, Discovery Education). Dentro do currículo, além das matérias convencionais, são oferecidos programas educativos como o Aprender a Pensar, onde são exploradas e treinadas, de maneira sistemática, características e estratégias de pensamento para que os alunos aprendam a acessar o conhecimento com curiosidade, motivação e rigor, a fim de se tornarem pensadores e aprendizes eficazes. “A oferta de desafios ligados à vida cotidiana permite que os alunos amadureçam o pensamento, tornando-os mais motivados e éticos”, explica Thiara. A escola conta ainda com educação ambiental, música, educação física, aula de convivência (5° ano), inglês (currículo estendido) e espanhol (a partir do 6° ano). O aprendizado da língua inglesa possui uma proposta inovadora, que propicia o desenvolvimento para a comunicação e formação do cidadão globalizado. Os alunos são avaliados pelo TOEFL e todo o corpo docente e discente do colégio são avaliados pelo Avalia.

ONDE:
Colégio Lyon Campinas
R. Proença, 1141 - Jardim Proença
Telefone: (19) 3252-7400
 
Colégio Jaime Kratz
Focado na educação integral do aluno
Localizado numa área de 15 mil metros quadrados, o colégio Jaime Kratz tem há quase 30 anos a missão de contribuir para o desenvolvimento do ser humano por meio da educação integral, alcançando níveis de excelência nas dimensões acadêmica, emocional e espiritual, em um ambiente de amor.

Garantir a sustentabilidade da instituição e atuar com responsabilidade social, transformando a sociedade segundo os princípios éticos da fé cristã, e formar cidadãos que possuam habilidades e competências solidárias, éticas e interpessoais, formam a base do ensino Jaime Kratz, bem como desenvolver no aluno a responsabilidade com suas ações junto ao próximo, a si próprio, além de aprender a usar o conhecimento de forma criativa, inovadora.

O colégio possui professores altamente capacitados, inclusive com especializações nas áreas de neurociência, dificuldades de aprendizagem, TDAH, alterações em processamento auditivo, formação didática continuada, que possibilitam um atendimento individualizado aos alunos. O estudante não é tratado como um número, é conhecido pelo nome e atendido em suas necessidades.

Outra parte fundamental é a parceria com as famílias, essencial para o desenvolvimento dos alunos. Aproveitando a tecnologia, há um aplicativo de celular para os pais, que têm acesso em tempo real ao que acontece com os filhos dentro da escola e possibilita um acompanhamento eficiente, além de ações contínuas de melhoria do desempenho escolar.

Os alunos também podem realizar atividades extracurriculares para desenvolvimento de habilidades, tais como piano, canto, teclado, violão, bateria, balé, jazz, hip-hop, ginástica artística, futsal, vôlei, natação, jiu-jitsu, robótica, programação, teatro e sustentabilidade.

A proposta de ensino abrange desde o mini-maternal (2 anos) até o Ensino Médio. O material didático, do mini-maternal ao 5º. Ano, é do Sistema Mackenzie de Ensino; do 6º. ano ao Ensino Médio, da editora Positivo. O material de educação infantil e fundamental I tem uma cosmovisão cristã que fornece a base de formação de caráter e aprendizagem essenciais para essa faixa etária. Já com as atualizações da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o material do Fundamental II e Médio possui recursos tecnológicos de realidade aumentada virtualmente, portais on-line com vídeos, exercícios e recursos que facilitam a aprendizagem e todo o subsídio para a educação do século XXI.
ONDE:
Instituto Jaime Kratz
Rua Padre Domingos Giovanini, 287 - Parque Taquaral
Telefone: (19) 3212-1838.
 

Escrito por:

Da Redação da Metrópole