Publicado 08/11/2019 - 12h07 - Atualizado 08/11/2019 - 12h07

Por Da Agência Anhanguera

Montagem da turma do Módulo Múltiplas Linguagens do Núcleo de Artes Cênicas tem direção de Inês Viana: apresentação faz parte do 'Cena Livre', que tem como tema Movimentos Migratórios

Daniel de Almeida/Divulgação

Montagem da turma do Módulo Múltiplas Linguagens do Núcleo de Artes Cênicas tem direção de Inês Viana: apresentação faz parte do 'Cena Livre', que tem como tema Movimentos Migratórios

Hoje e amanhã, a peça Esperamos Aqui com 360 Filhos Vindos do Longe está no palco do Sesi Amoreiras, em Campinas, e voltará a ser apresentada nos dias 22 e 33 deste mês, sempre às 20h e com entrada franca. O espetáculo teatral é resultado do processo de criação desenvolvido pela turma do Módulo Múltiplas Linguagens do Núcleo de Artes Cênicas do Sesi-SP (NAC) e apresenta os conflitos da migração pela ótica da sobrevivência. 
Uma enorme colcha de retalhos é tecida revelando as necessidades e os sonhos, as expectativas e as realidades daqueles que partem em busca de um novo lugar. Numa espera sem fim e sem respostas, o tempo passa entre o lar destruído e um novo país.
Esperamos Aqui… é inspirado nos filmes Cafarnaum (direção de Nadine Labaki) e Aeroporto Central (de Karim Aïnouz). Utiliza-se, ainda, de trechos das obras Migrantes… (de Matéi Visniec) e Lampedusa (Anders Lustgarten’s).
Sob direção de Inês Vianna, orientadora de Artes Cênicas do Sesi-SP, a peça está dentro da programação do Cena Livre, temporada de espetáculos dos NACs que traz, este ano, o tema Movimentos Migratórios.
Cena Livre
Os temas do Cena Livre são definidos em comum acordo entre os orientadores e equipe técnica de Artes Cênicas. No processo de criação, eles discutem desde o universo da dramaturgia até o próprio contexto social dos alunos e como eles se relacionam com o mundo.
Na edição deste ano, o tema Movimentos Migratórios tem como ponto de partida as obras dramatúrgicas da literatura em constante movimento, em busca da descoberta do seu território. São trazidos para o palco textos com ênfase na dramaturgia brasileira, moderna e contemporânea como as obras de Matéi Visniec, Glória de Oliveira, Leia Slimani, Anders Lustgarten’s, Arthur Miller, Curt Nimuendaju, Bertolt Brecht, Luís Alberto Abreu, Clarice Lispector, Graciliano Ramos, João Cabral de Melo Neto, Hilda Hilst e Lyman Frank Baum.
“O Cena Livre proporciona, através dos temas que são anualmente escolhidos, a reflexão sobre o momento presente, sobre a sociedade e valores que nos cercam. Esse ano, serve como um disparador de questões ou uma lupa, que amplia o que até então estava escondido ou adormecido. E nesse sentido, todo o processo é uma maneira de nos tornarmos mais lúcidos e conscientes, não apenas da linguagem do teatro e da representação cênica, mas também da temática”, reflete Miriam Rinaldi, supervisora de programas culturais do Sesi-SP, sobre o processo criativo.
AGENDE-SE
O quê: peça Esperamos Aqui com 360 Filhos Vindos do Longe
Quando: hoje, amanhã e dias 22 e 23 deste mês, às 20h
Onde: teatro do Sesi Amoreiras (Avenida das Amoreiras, 450, Parque Itália, Campinas - entrada pela Rua Francisco de Assis Iglesias s/n)
Quanto: de graça
OBS.: ingressos remanescentes são distribuídos 1 hora antes do início do espetáculo. Reservas podem ser feitas antecipadamente pelo Meu Sesi (https://www.sesisp.org.br/meu-sesi), de segunda a partir das 12h até quarta 23h59. Os ingressos podem, ainda, ser retirados na secretaria do Sesi Amoreiras, nos seguintes horários: quartas e quintas, das 8h às 19h; sextas e sábados, das 9h às 16h (exceto feriados).

Escrito por:

Da Agência Anhanguera