Publicado 25/03/2020 - 14h42 - Atualizado // - h

Por Maria Teresa Costa

Prefeito de Campinas Jonas Donizette

Divulgação/PMC-Fernanda Sunega

Prefeito de Campinas Jonas Donizette

O prefeito Jonas Donizette (PSB), presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), repudiou as afirmações do presidente Jair Bolsonaro que minimizou, em live na noite de ontem, a pandemia de coronavírus, voltou a falar que para a maioria das pessoas não passará de uma gripezinha, um resfriadinho e culpou prefeitos e governadores pela situação. “Só faltou falar mortezinha”, disse Jonas, que cobrou do presidente que assuma a responsabilidade do cargo e coloque no papel as medidas que defende.
“Fica fácil não fazer nada e falar que o que estamos fazendo é errado. Se a gente conseguir diminuir os casos de coronavírus, lá na frente ele vai dizer que falou que não ia acontecer nada”, afirmou. A fala de Bolsonaro sobre os impactos econômicos e seus ataques aos governadores e a imprensa é totalmente irresponsável, disse o prefeito.
Jonas disse que os prefeitos pensaram em desprezar a fala do presidente, mas como ele voltou à carga na manhã de ontem, culpando prefeitos e governadores, a Frente Nacional de Prefeitos decidiu divulga nota oficial nesta tarde, repudiando as afirmações de Bolsonaro. “Ele está em uma posição confortável, porque fala que estamos errados, mas não assume a responsabilidade dele e anula as medidas que estamos adotando para conter o avanço da Covid-19”, afirmou.

Escrito por:

Maria Teresa Costa