Publicado 22/05/2020 - 10h18 - Atualizado 22/05/2020 - 10h18

Por Gilson Rei

População precisa limpar quintais e não descartar lixos a céu aberto

Wagner Souza/AAN

População precisa limpar quintais e não descartar lixos a céu aberto

Campinas teve 188 registros a mais nos casos de dengue em uma semana e chegou a 2.952 pessoas infectadas entre 1° de janeiro e 18 de maio deste ano. A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas informou que a incidência é de 242 casos de dengue a cada 100 mil habitantes. Neste período, não houve morte pela doença na cidade neste ano.
A região com maior número de casos é a Sudoeste, com 781 confirmações, onde estão os bairros do distrito do Ouro Verde e os bairros próximos ao Aeroporto de Viracopos e ao distrito Industrial. Na sequência, a cidade contabiliza a região Noroeste, com 776 casos, formada pelos bairros do distrito do Campo Grande. Ainda segundo dados da Secretaria, a região Norte está com 738 registros, abrangendo a população dos distritos de Barão Geraldo e Nova Aparecida; região dos Amarais, Jardim Chapadão e Jardim Aurélia.
Já na região a Leste, que abriga os bairros Alphaville, Bananal, Carlos Gomes, Nova Campinas, Gramado, Taquaral, Vila Brandina e os distritos de Sousas e Joaquim Egídio, a dengue chegou a 389 pessoas. Na região Sul, a Prefeitura registrou 277 confirmações, onde estão bairros como Jardim Proença, Parque Prado, Jardim Leonor, Jardim Nova Europa, Vila Formosa, Jardim Campo Belo, Parque Oziel e Jardim do Lago.
A Prefeitura informou que mantém um programa de controle e prevenção da doença administrado pelo Comitê de Prevenção e Controle das Arboviroses. Alertou, entretanto, que cada cidadão precisa fazer a sua parte, destinando corretamente os resíduos e evitando criadouros, pois 80% dos criadouros estão dentro de casa. Neste ano, a Prefeitura visitou 227.642 imóveis para controle de criadouros e nebulizou 140.926 imóveis. Além disso, a Prefeitura coletou 10.141 toneladas de resíduos despejados irregularmente na cidade de 1° de janeiro a 2 de maio. Deste total, 1.423 toneladas de resíduos foram recolhidas e outras 10.121 toneladas nos ecopontos.

Escrito por:

Gilson Rei