Publicado 22/05/2020 - 10h28 - Atualizado // - h

Por Agência Anhanguera de Notícias

Heitor Villa Lobos é um dos compositores liberados no Sesc Partituras

Divulgação / Acervo Museu Villa-Lobos

Heitor Villa Lobos é um dos compositores liberados no Sesc Partituras

Nesse período de isolamento social, quem gosta de instrumentos musicais pode aproveitar o tempo disponível para praticar as habilidades e ampliar o repertório, adicionando novos ritmos e sonoridades. O projeto Sesc Partituras é uma fonte bastante rica para isso, porque oferece gratuitamente partituras digitais de obras brasileiras clássicas e contemporâneas.
O acervo conta com cerca de 2,8 mil músicas de 319 compositores. A biblioteca é organizada por tipo de formação musical - como solo, quarteto e orquestra - e por níveis de habilidade. Além disso, é possível personalizar a experiência selecionandoem torno de 50 instrumentos.
Há partituras para os mais comuns, como violão e piano, e também para instrumentos menos conhecidos, como o caxixi - um chocalho de origem africana usado nas rodas de capoeira.
Heitor Villa-Lobos, o mais reconhecido compositor latino-americano, e Jackson do Pandeiro, apontado como o rei do ritmo, são alguns dos artistas que tiveram suas obras disponibilizadas no Sesc Partituras. As músicas possuem expressivo valor histórico e muitas estavam restritas somente aos acervos particulares dos artistas.
O projeto também incentiva a divulgação do trabalho das novas gerações. Autores em atividade podem se cadastrar no site e disponibilizar as partituras de suas composições para difundir boa música e ganhar visibilidade.Mais informações no link: http://www.sesc.com.br/sescpartituras. (AAN)

Escrito por:

Agência Anhanguera de Notícias