Publicado 26/06/2020 - 06h00 - Atualizado 25/06/2020 - 14h57

Por Do Correio

Fachada do Instituto Agronômico

Reprodução

Fachada do Instituto Agronômico

INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS: 83 ANOS
Tratava-se de uma zona privilegiada e cujas atividades já se faziam notar, merce da qualidade das terras que a cercavam. Depois de 1892, no Governo paulista de Albuquerque Lins, a instituição passou a integrar o corpo técnico do Estado, época em que recebeu a denominação de Instituto Agronômico. Seu primeiro diretor foi Frans W. Dafert, cientista austríaco, que dirigiu o estabelecimento até 1897, com grande aproveitamento. Dir-se-ia que Franz Dafert preparou o embasamento técnico-científico dessa que é hoje uma das maiores e mais conhecidas organizações de pesquisa e de estudos agronômicos do mundo. Foi ele, sem dúvida, que fixou novos rumos para a agricultura brasileira, em termos de ciência e coerente com os destinos da Nação, cujo futuro se anunciava com vigor e florescência.
 
ACÔRDO INTERNACIONAL CONTRA TERRORISMO
O estudo de um novo acordo internacional que defina às medidas a serem adotadas contra o terrorismo e os sequestros de diplomatas foi proposto hoje pelos Estados Unidos na Assembléia Geral da Organização dos Estados Americanos. O secretário de Estado norte-americano William Rogers afirmou sua esperança de que a Assembléia, onde estão representados 23 países americanos saiba tratar de forma eficaz do problema do terrorismo e dos sequestros, "preocupando-se mais particularmente com o terrorismo dirigido contra os representantes estrangeiros". Após ter afirmado que tais atos devem ser considerados tanto do ponto de vista interno como do ponto de vista internacional, como crimes de direito comum contrários aos princípios que regem as relações entre os Estados.
 
CAMBODJA PREOCUPADA COM SAÍDA DOS EUA
A capital de Cambodja vivia hoje na expectativa de acontecimentos iminentes, diante da proximidade de 30 de junho, data-limite fixada oficialmente por Nixon para a retirada do país de todas as tropas terrestres norte-americanas, afirmaram os observadores. Ninguém, todavia, parecia capaz de advinhar as intenções do adversário, nem de calcular com precisão suas possibilidades, acrescentaram. Nas imediações da piscina do Hotel Royal, encontraram-se diplomatas e jornalistas, assim como oficiais sul-vietnamitas, convidados por seus colegas Omers.

Escrito por:

Do Correio