Publicado 17/10/2020 - 11h32 - Atualizado 17/10/2020 - 11h33

Por Gilson Rei

Cemitérios de Campinas foram fechados ao público no final de março

Cedoc/RAC

Cemitérios de Campinas foram fechados ao público no final de março

Fechados à visitação desde o final de março, os cemitérios públicos e particulares de Campinas vão reabrir. O prefeito Jonas Donizette (PSB) informou ontem que a reabertura dos cemitérios da cidade será a partir do dia 31 de outubro, sábado que antecede o feriado de Finados, numa tentativa de evitar aglomerações.
Haverá um protocolo com restrições, visando distanciamento e higienização. No ano passado, os cemitérios de Campinas reuniram mais de 200 mil visitantes no Finados e a expectativa é de que haja uma redução de público neste ano, devido à pandemia.
A partir do dia 31 de outubro, Jonas disse que os cemitérios vão ficar abertos por tempo indeterminado, porém, sempre dentro das normas de restrição. O prefeito recomendou que haja bom senso na população.
"Haverá a reabertura e o pedido que faço é para que as pessoas evitem aglomerações. A abertura foi antecipada em alguns dias para que haja uma divisão nas visitas. Não há necessidade de ir todos em um só dia. Quem puder vai no sábado e outros no domingo, reduzindo, com isso, o número de pessoas no dia de Finados", disse.
A recomendação do prefeito foi além. "A data é simbólica e quem puder deixar para ir nos cemitérios depois da data será até mais aconselhável, pois vai ajudar a evitar aglomerações", comentou.
Jonas disse na semana passada que pediu à Serviços Técnicos Gerais (Setec) a elaboração de um protocolo para o funcionamento. "Certamente não será como antes, com fluxo livre. Vamos ter que definir o número de pessoas que poderá entrar, isso significa que haverá uma limitação. Antes de entrar, será preciso esperar que outras pessoas saiam", disse.

Escrito por:

Gilson Rei