Publicado 10/01/2021 - 06h00 - Atualizado 08/01/2021 - 14h57

Por Do Correio

A

Reprodução

A "Casa do Cristo Pequenino"

CONHEÇA ESTA "CASA DO CRISTO PEQUENINO"
O antigo nome, "Educandário Eurípedes" era por certo menos sugestivo do que o atual "Casa do Cristo Pequenino". Venha conhecê-la, quando puder. É um grande prédio, dois mil metros quadrados, erguido em terreno vasto, lá onde termina a cidade e começa o asfalto para Barão Geraldo. Ali moram cento e oito meninos, desde garotinhos de poucos dias de vida até rapazes de dezoito anos. Há uma predominância de crianças em idade pré-escolar, e a gente pode bem imaginar a trabalheira que deve dar aquela criançada irriquieta e cheia de problemas. A miséria, a irresponsabilidade, as antigas condições de vida criaram para êstes meninos condições difíceis, traumas psíquicos, heranças negativas. Mas a Casa do Cristo Pequenino acolheu-os todos. Não lhe importavam a côr da pele, os defeitos físicos, a ausência de nome.
 
MEDIDAS IMEDIATAS EM DEFESA DA CAFEICULTURA
Brasil pode perder sua posição de maior produtor mundial de café, chegando até a importar o produto se o governo não adotar medidas imediatas em defesa da cafeicultura, "em vez de desencorajar os cafeicultores, dispensando sua atenção só a outros setores da exportação", disse hoje o deputado Delson Scarano, presidente da Comissão de Café da Assembléia de Minas e eleito para a Câmara Federal. Segundo o parlamentar, três medidas tem de ser colocadas em prática imediatamente: renovação racional das lavouras, revisão da política de preços mínimos, e extinção gradual da taxa de contribuição, que não se justifica, quando há falta de café.
 
TUDO PRONTO PARA O BANIMENTO DOS PRESOS
A VARIG já está com tudo pronto para levar 70 presos ! exigidos para a libertação de Giovanni Enrico Bucher. A empresa está apenas aguardando instruções do govêrno para saber o destino dos presos. Durante a amanhã de hoje, o Ministro Parente de Melo era a única pessoa que se mantinha na delegação do Itamarati no Rio, ao que tudo indica, mantendo os necessários contatos para a libertação dos presos. Fonte oficial da delegação do Itamarati informou que todo o problema está sendo tratado em Brasília, onde inclusive já estaria pronto um salvo-conduto coletivo para os banidos. Entretanto, não soube informar qual o país a que receberia os presos.

Escrito por:

Do Correio