Publicado 19/02/2021 - 18h23 - Atualizado 19/02/2021 - 18h33

Por Lucas Rossafa/ Correio Popular

O garoto, revelação na Copa São Paulo de Juniores, deixa o clube sem ter feito um jogo como profissional

Divulgação

O garoto, revelação na Copa São Paulo de Juniores, deixa o clube sem ter feito um jogo como profissional

O Departamento de Futebol da Ponte Preta tem negociação encaminhada para selar a contratação de Marcos Júnior.
Revelado nas categorias de base do São Paulo, o volante deve ser emprestado à Macaca até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro.
O atleta, então utilizado no Sub 20, até estourar o limite de idade e completar 21 anos em 29 de janeiro, negocia a renovação do vínculo junto ao Tricolor antes de desembarcar no Estádio Moisés Lucarelli para realização de exames clínicos e médicos antes de se juntar ao elenco.
A expectativa é de que a situação seja resolvida oficialmente até o fim da semana para se apresentar ao técnico Fábio Moreno durante a pré-temporada em Itu.
A função desempenhada por Marcos Júnior, campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2019 vai ao encontro das necessidades buscadas pela equipe campineira no mercado: um segundo volante, com saída de bola e intensidade.
O nome de Júnior está nos bastidores do Majestoso há mais de uma semana, mas o avanço da negociação se inviabilizou a partir da mudança no comando técnico: demissão de Fernando Diniz por conta da instabilidade no Campeonato Brasileiro e contratação de Hernán Crespo.
No São Paulo desde 2015, o garoto nunca atuou profissionalmente no Morumbi e tem muitas participações em competições de base a partir do Sub 15.
[INTERTITULO]Consequência
[/INTERTITULO]Em tratativa por empréstimo de Marcos Júnior, a Ponte Preta negocia com o São Paulo a prioridade de compra de dois atletas revelados nas categorias de base da Macaca: João Veras e Pedrinho, os quais já integram o elenco profissional desde a última temporada.
As duas diretorias costuram nos bastidores um acordo para liberar o volante até o fim do ano, enquanto o Tricolor quer, em contrapartida, a preferência em futura venda dos talismãs da Macaca e à disposição do técnico Fábio Moreno para disputa do Campeonato Paulista.
Centroavante de origem, João Veras, que chegou ao Estádio Moisés Lucarelli após se destacar pelo XV de Piracicaba na Copa Paulista de 2019, Pedrinho, por sua vez, é tido como uma grande promessa da Ponte Preta. Com a velocidade e o drible como pontos fortes, o jovem de 18 anos renovou contrato com a Macaca até 31 de dezembro de 2023.

Escrito por:

Lucas Rossafa/ Correio Popular