tamanho da letra: A-| A+

02/12/2013 09:51:18.000
Criatividade

É consensual e gratificante perceber que todos(as) temos capacidade criativa; por isso, tal capacidade deve ser mais bem desenvolvida. Podemos até afirmar que a criatividade é uma sublime dimensão da condição humana. Se você não pode fazer grandes coisas, faça as coisas pequenas. Todo ser humano possui criatividade em diferentes áreas. Preferencialmente, portanto, devemos praticar aquelas que são úteis.


O mundo da arte e da cultura é, em suma, um mundo de criatividade, pois o(a) artista não está diretamente ligado(a) às convenções, dogmas e instituições da sociedade. O(a) artista tem expressão criativa que é resultado direto de sua liberdade.
 

No lazer, nos transportes ou na educação, a vida humana é um exercício contínuo de criatividade. Embora seja impossível modificar algumas características essenciais das pessoas, podemos incentivar comportamentos, estilos de vida e formas de interação com o mundo que permitam o desenvolvimento de novos padrões cognitivos e facultem aos indivíduos oportunidades de geração de insaites criativos. Criatividade constitui o exercício do pensamento!

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

25/11/2013 09:18:53.000
Esclerose Múltipla

O número de pessoas afetadas pela esclerose múltipla ao redor do mundo aumentou nos últimos 5 anos, a saber: um total de 10%, totalizando 2,3 milhões de pacientes. Esta doença comumente afeta duas vezes mais as mulheres que os homens. A esclerose múltipla também prevalece nos países que recebem menos luz solar, tais como: a Suécia e a Argentina.

A esclerose múltipla é uma doença crônica, que debilita o cérebro, o nervo óptico e os nervos da coluna. Tudo indica que seja uma doença autoimune; isto é, uma enfermidade em que o sistema imune ataca o próprio organismo.

Da mesma forma em que os fios elétricos são protegidos por uma fibra isolante externa, nossos nervos são protegidos por uma camada protetora chamada ‘mielina’. Na esclerose múltipla, a mielina inflama, é danificada e se desprende dos nervos. Com o passar do tempo, a ela é destruída por completo. As áreas afetadas impedem a passagem dos impulsos nervosos que vêm e vão do cérebro, o que acomete a força muscular e a coordenação motora, bem como a visão. Por fim, a doença resulta na degeneração dos nervos causando debilidades motoras no(a) paciente.

Não se sabe ao certo as causas da doença. Contudo, sabemos que ela ocorre em episódios (ataques) que duram semanas ou meses, com intervalos de melhora. O primeiro sinal da doença ocorre comumente entre os 18 e 55 anos. A expectativa média de vida dos(as) pacientes diagnosticados(as) é de 35 anos contados a partir do encetamento da enfermidade.

Nos últimos anos, porém, novas medicações injetáveis ou por via oral fabricadas pelas empresas farmacêuticas Novartis, Biogen e Sanofi tem se mostrado promissoras.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

18/11/2013 08:52:04.000
Mentiras na infância

As mentiras começam cedo. Crianças pequenas aprendem na prática que a declaração de uma inverdade pode evitar punições. Existem aqueles(as) que acreditam que as crianças mentem por insegurança e por não compreenderem a gravidade de seus atos.

Todavia, as crianças mentem porque não possuem um sistema de referência conceitual capaz de julgar se uma declaração é verdadeira ou para entender o conceito de verdade.


Em primeiro lugar, as crianças aprendem como a mentira funciona, mas não possuem o entendimento moral para deixarem de mentir. Para alguns, as crianças têm maior tendência à mentira do que os(as) adultos(as); todavia, os(as) adultos(as) mentem sobre coisas diferentes e, às vezes, mais sofisticadas.


A educação em família é imprescindível para que a criança compreenda através de bons exemplos a forma correta de agir.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

11/11/2013 18:53:42.000
Conselhos que Dou a Mim Mesmo

Nunca vá dormir tão ignorante quanto se levantou naquele dia.
 

O que devo fazer hoje, deveria ter feito ontem.
 

Nunca escreva uma carta que não possa ser publicada em um jornal.
 

Adote uma árvore e, se possível, plante milhares delas.
 

Todos os dias, grandes oportunidades passam-lhe à frente dos olhos. Não seja bobo; vá atrás delas.
 

Sonhe bastante; especialmente após o segundo copo de seu vinho preferido.
 

O sonho ou a inspiração compõe 2% de um projeto. Os outros 98% são compostos por suor.
 

Escrever um livro compara-se à gravidez: a concepção é um prazer, a gravidez é longa e pesada e o parto dolorido.
 

Aprenda com os erros dos outros, pois não viverá tempo suficiente para aprender com os seus próprios erros.
 

É desnecessário apagar as velas de outrem para ver a sua própria luz brilhar.
 

Não espere que outras pessoas lhe agradeçam ou reconheçam o que fez, pois isso não acontecerá e, consequentemente, você se tornará amargo.
 

Se sentir vontade de escrever, escreva.
 

Se sentir vontade de falar, não permita que seu discurso ultrapasse alguns minutos.
 

Ande pela vida em trilhas pouco usadas. Só assim fará descobertas.
 

Ao caminhar na floresta, olhe para os lados e para cima mesmo que isso lhe cause alguns tombos.
 

Quanto mais aprendo, mais impressionado fico com o que ainda tenho para aprender.
 

Admita seus erros e confesse-os a alguém antes do pôr do sol daquele dia.
 

Se lhe pedirem dinheiro emprestado, não empreste. No entanto, doe/presenteie 50% do que lhe pediram e assim não perderá o amigo.
 

Todo sonho valente precisa redundar em benefícios aos outros.
 

A vida é curta; portanto, corra e motive outras pessoas a fazerem o mesmo. Assim, lhe sobrará tempo para o lazer.
 

O maior legado que você pode deixar é o de ter sido íntegro.
 

Sua maior recompensa na vida será ensinar outros para que subam em seus ombros e enxerguem horizontes que você nem imaginava existirem.
 

Mantenha-se fisicamente ativo.
 

Curta a natureza ao seu redor, pois ela é bela.

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

04/11/2013 07:38:54.000
Lições de vida

Os erros que cometemos no decorrer da vida são nossos melhores mentores; por isso, não perca a oportunidade de aprender com eles. Cuidado ao comparar-se a outros mais afortunados, pois isto pode levar à depressão.

Se você é mais velho, tem vantagens, tais como: sabedoria, juízo, habilidades de intercomunicação e experiência. Todas estas qualidades podem incentivar a criatividade e o trabalho em equipe em um ambiente saudável para a sua vida.

Um dos erros mais sérios que cometemos é criticar outras pessoas sem antes pensar no impacto negativo, ou até mesmo duradouro, que tais críticas terão sobre elas. Portanto, antes de falar, pense. Não custa nada pedir perdão e, se você não quiser falar diretamente com a pessoa, escreva-lhe uma carta.

O que todos devemos aprender cedo na vida inclui: empatia, responsabilidade e bondade. É dever dos pais ensinar aos filhos a honestidade, a reciprocidade em seus relacionamentos e a generosidade.

Viver preocupado quase sempre não traz benefício algum. É, na verdade, um desperdício de energia sem razão de ser. Se pudermos viver com simplicidade, será mais fácil escolher inteligentemente as coisas e as ações mais importantes para as nossas vidas, as quais nos trarão felicidade e paz de espírito.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

28/10/2013 12:19:08.000
A menopausa no homem

A frase ‘menopausa masculina’ descreve o estágio na vida do homem em que os níveis do hormônio testosterona diminuem. Esta redução está relacionada ao avançar da idade. Após os 40 anos, os níveis de testosterona presentes no sangue declinam aproximadamente 1% ao ano.

Esta queda no nível dos hormônios é pouco perceptível até os 60 anos; todavia, aos 80, os níveis de hormônio já são cinquenta por cento menores que os níveis presentes na juventude.

Níveis mais baixos de testosterona não causam sintomas em toda a população masculina. Portanto, a única maneira de sabermos se nossos níveis do hormônio estão alterados ou não é através de um exame de sangue. Para alguns homens, os sinais e os sintomas de níveis baixos de testosterona incluem:

Redução do desejo sexual;
Infertilidade;
Diminuição das ereções espontâneas (como as que acontecem durante o sono);
Mamas inchadas ou doloridas;
Perda de pelos púbicos e corporais;
Perda de altura e adelgaçamento (estreitamento) dos ossos;
Testículos menores; e
Redução da massa corporal e da força muscular.

A reposição da testosterona devido ao envelhecimento é um assunto controverso, já que existe um aumento na incidência de cânceres da próstata. Assim, para a maioria dos homens, a reposição de testosterona não é indicada.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

07/10/2013 15:30:10.000
Zumbido

O zumbido, também chamado de ‘tinnitus’ ou tinido, é uma sensação auditiva não derivada de um estímulo externo ao organismo, mas causado por exposição prolongada a sons acima do volume limite estabelecido para a saúde humana. As pessoas afetadas pelo zumbido relatam ouvir uma zoeira na cabeça, a qual pode se tornar permanente.


Os jovens de hoje usam, em sua maioria, aparelhos de música horas a fio; ou seja, estão sempre expostos a sons altos. Nosso sistema auditivo, em sua parte mais profunda, tem um órgão chamado cóclea. A cóclea é parte fundamental de nosso sistema auditivo, pois nela estão localizadas as células ciliadas, cuja distribuição é similar ao teclado de um piano.

 

Quando as ondas sonoras atingem essas células, elas concentram as vibrações em correntes elétricas que nossos nervos auditivos levam para o cérebro. Cada uma dessas células é responsável por uma frequência específica de som. Quando tais células são expostas a sons muito altos, elas podem ser danificadas de maneira permanente.


A Dra. Annick Gilles, audiologista da Universidade da Antuérpia, localizada na Bélgica, recentemente enviou um questionário a pouco menos de 4000 alunos(as) sobre seus hábitos de audição. Três em cada quatro alunos(as) responderam que tiveram tinnitus (ou tinido) de duração temporária.

Somente 5% (cinco por cento) responderam que usavam alguma proteção contra sons altos. Por isso, é importante que os pais verifiquem se seus(uas) filhos(as) estão ouvindo música em volumes razoáveis, pois não existe cura para o tinnitus ou para a surdez parcial e/ou permanente.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

30/09/2013 10:07:44.000
A doença dos rins mata?

A  doença dos rins não recebe a mesma atenção que é dada aos cânceres de mama e da próstata. No entanto, a doença renal mata cerca de 90.000 pessoas todos os anos nos Estados Unidos; ou seja, mais do que os dois cânceres relacionados acima.

Mesmo antes de ser fatal, o custo para se tratar a doença crônica renal é astronômico. Tal custo não leva em conta a inestimável perda de qualidade de vida do paciente, pois a doença só produz sintomas quando chega ao estágio adiantado.
 

Os rins são filtros que eliminam as substâncias tóxicas do sangue circulante e preservam as substâncias reaproveitáveis, tais como: a glicose e as proteínas. A hipertensão não tratada é uma das causas frequentes de insuficiência renal. Um exame simples para identificar a doença renal é a pesquisa de proteína na urina, pois normalmente o exame de urina não revela a presença da proteína.


As pessoas mais propensas à falência da função renal são os fumantes, os obesos, os consumidores de carne vermelha, carnes industrializadas, excesso de sal e, principalmente, aqueles que têm diabetes mal controlado.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/09/2013 09:43:00.000
A Felicidade

Todos nós desejamos ser felizes. Infelizmente, não conheço mágica alguma que faça isto acontecer. Para tal, é necessário reconhecer a diferença entre aquilo que eu materialmente desejo ter e o que realmente preciso. A felicidade é composta por uma série de eventos e atitudes que nos fazem apreciar a vida.

São momentos simples, tais como: consertar o brinquedo de uma criança e ver seu rosto resplandecer; olhar para o céu e nuvens em um dia bonito; agradecer pela chuva que rega nossos jardins e as florestas de nosso País.

A felicidade não depende do que e de quanto possuímos, mas sim do aperfeiçoamento de nossas aptidões, nosso senso de humor, a aquisição de conhecimento, o polir de nosso caráter, a expressão de nossa gratidão, o auxílio a alguém necessitado, o prazer de ter amigos(as) (ainda que poucos(as)), o conforto e a segurança de uma família e o prazer de amar.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

09/09/2013 11:55:30.000
A psoríase e o risco de doenças graves

 

A psoríase é uma doença inflamatória e crônica da pele, que pode afetar mucosas, unhas e até articulações. Entre 2 e 3% da população têm psoríase e essa é uma doença que acomete homens e mulheres de qualquer idade, sendo mais frequente o seu aparecimento na terceira década de vida. A psoríase apresenta períodos de melhora e piora ao longo de sua evolução.

A doença pode levar a uma piora de qualidade de vida dos(as) pacientes devido ao preconceito das pessoas ignorantes que os(as) cercam. É importante saber que essa não é uma doença contagiosa.
 

A psoríase pode manifestar-se de diversas formas. Cerca de 85% dos casos são chamados de ‘psoríase vulgar’, que se apresenta com lesões de pele de tamanhos variados, delimitados e avermelhados, com escamas secas, aderentes, prateadas ou acinzentadas e que surgem no couro cabeludo, joelhos e cotovelos. Mais de 70% dos(as) pacientes apresentam prurido moderado ou intenso e o comprometimento articular atinge cerca de 25% dos casos.
 

As pessoas com psoríase tendem a apresentar também outras doenças incluindo as doenças pulmonares crônicas, o diabetes, a doença renal e a artrite. O Dr. Joel M. Gelfand, da universidade do estado norte-americano da Pensilvânia, juntamente com seus colaboradores, conduziu uma pesquisa a partir dos arquivos de 9.035 pacientes portadores(as) de psoríase no Reino Unido. Nessa pesquisa, o estudioso comparou a área de superfície da pele afetada pela doença e a presença de doenças concomitantes.
 

Menos da metade do grupo pesquisado, com áreas afetadas de até 3% da superfície da pele, tinha outras doenças concomitantes de pequena gravidade. Trinta e seis (36) por cento dos(as) pacientes do grupo, com 10% de área afetada, manifestaram doenças de caráter moderado. Quando a área afetada da superfície da pele ultrapassou 11% da área total, o índice de diabetes e doenças cardiovasculares aumentou de maneira considerável. Portanto, o Dr. Gelfand recomenda que os(as) pacientes com áreas mais extensas de psoríase levem as revisões médicas preventivas mais a sério e as façam com regularidade.
 

Fonte: JAMA Dermatologia – 07/08/2013

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

02/09/2013 09:23:19.000
Roer as unhas faz mal?

Embora roer as unhas não seja uma medida sanitária, esta mania, em geral, não causa grandes danos à saúde. As unhas se formam a partir de cutículas que observamos no formato da letra ‘U’. Se esta parte não for afetada, não haverá impedimento para que as unhas cresçam. Todavia, a mania de roer as unhas tem riscos, a saber:


1) Pode causar infecções na pele;
2) Irritar a área onde as unhas estão assentadas;
3) E aumentar o risco de difusão de bactérias nos lábios e na boca, causando infecções e inflamações.
 

O hábito de roer as unhas pode advir de algum desequilíbrio emocional, tal como a ansiedade exagerada. Para controlá-lo, procure meios de reduzir o estresse; mantenha as unhas bem cortadas; e ocupe mãos e boca com outras atividades como, por exemplo, o uso de um instrumento musical ou a mastigação de chicletes.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

26/08/2013 12:17:56.000
Álcool e Cirurgia: Uma Má Combinação

As pessoas que consomem mais de duas (2) doses de álcool por dia tendem a ter complicações pós-cirúrgicas se comparadas àquelas que ingerem bebidas alcoólicas com moderação ou apenas ocasionalmente. Segundo estudos de uma universidade na Dinamarca, a combinação de álcool e cirurgias não é nada boa.
 

A Dra. Marie Eliasen, docente da Universidade de Copenhague, recentemente revisou 55 (cinquenta e cinco) publicações que relacionam os índices de complicações pós-operatórias em pacientes que são grandes consumidores(as) de álcool. Em tais pacientes, as complicações mais frequentes foram as infecções e a cicatrização lenta.
 

Os(as) grandes consumidores(as) de bebidas alcoólicas apresentaram um índice de 73% (setenta e três por cento) de infecções pós-cirúrgicas e 80% (oitenta por cento) de complicações respiratórias. Desses(as), 29% (vinte e nove por cento) foram internados(as) em UTIs.
 

Complicações como essas ocorreram mais em cirurgias abdominais, tais como: cirurgias de vesícula, fígado e estômago. O álcool afeta o sistema imunológico, tornando as pessoas mais susceptíveis às infecções. Quando comparamos as cirurgias feitas em indivíduos que não bebem, descobrimos que os(as) consumidores(as) de bebidas alcoólicas tiveram o dobro de mortalidade. Segundo a Dra. Eliasen, não é com frequência que os(as) médicos(as) aconselham seus(uas) pacientes a pararem de beber pelo 30 (trinta) dias antes de se submeterem a qualquer cirurgia.
 

Fonte: Annals of Surgery (Anais da Cirurgia) – 31/05/2013

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

19/08/2013 09:58:55.000
A vitamina D

As vitaminas são essenciais para a vida, pois são indispensáveis para as funções de nossos corpos. No total, contamos 14 (quatorze) tais vitaminas. O cálcio é importante para a garantia de ossos fortes; todavia, para que o cálcio chegue até nossos ossos, é necessário ingerirmos a vitamina D. Nossos corpos adquirem a vitamina D de 02 (duas) formas: via alimentos e luz solar.


Quando somos expostos à luz ultravioleta do Sol, um produto químico de nossas peles converte-se em vitamina D. Na sequência, o fígado e os rins alteram a vitamina de modo que ela seja mais útil para o organismo. As gemas de ovos e os peixes são fontes alimentares dessa vitamina. Os leites comerciais também costumam ser enriquecidos com a vitamina D.


Se você não se alimenta com fontes de vitamina D, nem se expõe ao sol, é mister que tome um suplemento alimentar que contenha vitaminas e minerais todos os dias. A luz solar em excesso pode fazer mal à sua pele; entretanto, cerca de 15 (quinze) minutos diários de exposição solar é bom para os ossos, incluindo os dentes.


É difícil estabelecer uma dose diária de vitamina D; contudo, não se esqueça de que é preciso consumir alimentos quem contêm a vitamina D, além de se expor à luz solar. Se nenhuma das opções acima lhe for viável, não deixe de tomar um suplemento diário em forma de drágeas.

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

12/08/2013 10:16:49.000
O perdão

O perdão constitui um processo mental e/ou espiritual em que o sentimento de ressentimento ou raiva contra outrem cessa por completo. O perdão pode ser considerado do ponto de vista do perdoador ou a partir do relacionamento existente entre o perdoador e a pessoa perdoada.
 

Normalmente o perdão é concedido sem qualquer expectativa de compensação e pode ocorrer sem que o indivíduo perdoado tome conhecimento disso. Por exemplo, uma pessoa pode perdoar alguém que já morreu ou que não vê há muito tempo. Pode também ocorrer através de um justo pedido de perdão, dirigido ao ofendido, por acreditar que ele é capaz de perdoar. Na maioria dos contextos, o perdão é dado sem que haja expectativa de retorno.
 

O perdão é o esquecimento completo e absoluto das ofensas; vem do coração, é sincero, generoso e não fere o amor próprio do ofensor. O verdadeiro perdão é reconhecido por atos e não por palavras. Estudos comprovam que pessoas neuróticas, raivosas ou hostis são menos propensas a perdoar outras pessoas. Por outro lado, as pessoas que perdoam são mais propensas à alegria e saúde quando comparadas àquelas que se sentem ressentidas ou ofendidas.
 

Uma pesquisa feita pelo Dr. Fred Luskin, da universidade norte-americana de Stanford, mostra que o perdão pode ser aprendido. Com base em sete trabalhos de pesquisa, ele concluiu que o perdão não só reforça a personalidade, como também é bom para a saúde mental. Assim, podemos atrelar três condições mágicas, a saber: perdão, reconciliação e paz interna.


As doutrinas religiosas ou filosóficas diferem entre si sobre este assunto. Algumas religiões deixam de fazer distinção entre o perdão oferecido pelas pessoas e o perdão divino. O Alcorão dos mulçumanos proíbe o comportamento violento, exceto quando usado para defender sua religião, vida ou propriedade. O cristianismo do

Novo Testamento prega a Jesus, o qual fala da importância de perdoar e mostrar misericórdia aos outros. A parábola do filho pródigo fala por si só. Jesus já crucificado disse: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem” (Lucas 23.24). Existe perdão maior que este?
 

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

05/08/2013 10:58:01.000
A Meditação

A meditação está no centro de dois polos, a saber: a concentração e a contemplação. Ela é comumente associada às religiões orientais, mas pode e deve ser praticada para o desenvolvimento pessoal em um contexto não religioso.


Existem dados históricos comprobatórios de que a meditação é tão antiga quanto a humanidade. Não sendo exatamente originária de um povo ou região, desenvolveu-se em várias culturas diferentes e recebeu vários nomes. A palavra meditação vem do latim meditare, que significa “voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior”.


É fácil constatar que nossas mentes estão continuamente voltadas para o passado (memórias) e ao futuro (expectativas). Com a devida atenção, é possível diminuir a velocidade de nossos pensamentos e observar um silêncio mental em que o momento presente é vivenciado. Através da meditação, é possível separar os pensamentos ao nosso redor.


Para tal, não é necessário ficar parado ou sentado em alguma posição de yoga. Podemos meditar ao andarmos pelo bairro, dirigirmos um carro, olharmos para o céu e as nuvens, ouvirmos o cantar de um pássaro, vermos o vento balançando as folhas de uma árvore; enfim, várias “distrações” facilitam a obtenção do descanso mental.


Você poderá começar com um período de poucos minutos e, conforme for se aperfeiçoando, aumentar o tempo da meditação. Não custa nada tentar, pois poderá melhorar, e muito, a sua qualidade de vida.

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

29/07/2013 14:13:28.000
A Doença Mais Antiga do Mundo

A hanseníase (ou lepra) é uma doença infecciosa causada pelo bacilo mycobacterium leprae, que tem afetado a humanidade há pelo menos 4000 anos. A lepra é uma doença contagiosa, que passa de uma pessoa doente e que não esteja em tratamento, para outra. Em geral, os primeiros sintomas demoram entre 2 e 5 anos para aparecer.
 

Essa doença afeta a pele e os nervos, podendo atingir crianças, adultos(as) e idosos(as) de todas as classes sociais, desde que tenham contato intenso e prolongado com o bacilo. A hanseníase pode causar incapacidade ou deformidades, quando tratada ou não. Todavia, mesmo quando a doença é tratada tardiamente, ela tem cura.
 

A lepra é transmitida por gotículas de saliva. O bacilo é eliminado pelo aparelho respiratório da pessoa doente na forma de aerossol durante a fala, espirros, tosse ou beijos. Quase sempre ocorre nos contatos domiciliares, geralmente em pessoas que dormem no mesmo quarto. Daí a incidência maior entre as camadas sociais mais pobres.
 

Após um longo tempo de incubação, os primeiros efeitos da doença surgem. Devido ao acometimento dos nervos, ocorre a supressão da sensação térmica; ou seja, a incapacidade de diferenciar entre frio e quente no(s) local(ais) afetado(as). Na maioria dos casos, manchas de coloração mais clara que a pele aparecem e, eventualmente, ocorre a diminuição da sudorese local sobre a mancha.
 

Além do ser humano, outros animais são susceptíveis à lepra, incluindo macacos, coelhos, ratos e tatus. Nos dias de hoje, a hanseníase acomete mais de 12 milhões de pessoas em todo o mundo, e calcula-se que 700.000 novos casos apareçam principalmente nos países mais pobres. Do total de pacientes citados acima, estima-se que 2 milhões de pessoas foram severamente mutiladas pela lepra em todo o mundo. O Brasil, Madagascar, Moçambique, Tanzânia e o Nepal detêm 90% dos casos de lepra.
 

Historicamente falando, pior do que a doença em si, é o estigma que os(as) leprosos(as) carregam. Por ignorância, os(as) leprosos(as) são isolados(as) do convívio social e acabam em leprosários. O tratamento com antibióticos cura a doença. No Brasil, aqueles(as) que estão internados(as) e isolados(as) em hospitais têm direito a uma pensão vitalícia paga em dinheiro.

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

22/07/2013 16:18:17.000
A Importância da Amizade

Não existe nada fácil nesta vida, mas tente lembrar-se da última vez em que você passou algum tempo com um(a) amigo(a) ou familiar. Quais foram os seus sentimentos na ocasião? Você se sentiu acolhido(a), amado(a), alegre, confortado(a) e seguro(a)?


É possível compartilharmos dias bons e ruins com os(as) amigos(as). É importante termos alguém em quem podemos confiar, com quem podemos falar de coração aberto, e compartilhar risos ou lágrimas. É mister termos alguém ao lado de quem possamos apenas nos sentar sem ter que dizer nada. A amizade e o amor têm efeitos positivos sobre a nossa saúde e bem estar.


O reencontro com velhos(as) amigos(as) pode aumentar nossa alegria e nossos sentimentos de força interna e autoconfiança; pode nos ajudar a suportar o trauma de uma doença; diminuir a solidão e a sensação de isolamento.


Pesquisas apontam para o fato de que a presença de amigos(as) ou familiares pode nos ajudar a suportar melhor a dor e o estresse advindos de doenças. Portanto, mesmo que você não tenha tido contato com certas pessoas há anos, procure-as e reate os laços da amizade; se possível, procure torná-las confidentes.

 

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

15/07/2013 09:31:42.000
Dezenas de Fungos Benignos nos Pés

Até a presente data, a literatura médica já estudou e identificou dezenas e dezenas de diferentes bactérias que vivem nas superfícies de nossos corpos. A Dra. Heidi Kong, do Instituto Nacional de Pesquisa do Genoma Humano (National Human Genome Research Institute) localizado nos Estados Unidos, recentemente publicou na revista Nature (Natureza) um estudo minucioso sobre a população de fungos que habita nossa pele.


Um dos achados de seu estudo foi a identificação de mais de 100 (cem) espécies de fungos benignos nas plantas dos pés de 10 (dez) voluntários. Todavia, esta população de fungos difere dos fungos causadores do famoso “pé de atleta”, bem como daqueles que crescem debaixo das unhas. A função dos fungos benignos é prevenir que fungos danosos causem problemas à nossa pele.


A pesquisa mostrou ainda que a população de fungos está em constante mudança. Ao refazerem os testes um a dois meses após a primeira pesquisa, descobriu-se que apenas 30 (trinta) a 40% (quarenta por cento) dos fungos encontrados nos pés dos voluntários eram os mesmos.


Ademais, concluiu-se que as outras partes do corpo possuem fungos em menor quantidade que os pés.
A autora deste estudo acredita que a quantidade significativa de fungos nos pés resulte diretamente da grande variação de temperatura pela qual estes membros do corpo passam no decorrer do dia. Devido a esses achados, a Dr. Heidi Kong alerta que, ao andarmos descalços pela casa, estamos espalhando fungos e, consequentemente, contaminando outras pessoas. Recomenda-se então o uso constante de algum tipo de calçado nos pés.

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

10/07/2013 20:12:47.000
A Depressão Pós-Parto

O nascimento de um bebê pode desencadear uma série de emoções poderosas que variam de excitação e alegria ao medo e à ansiedade. Contudo, muitas vezes, o nascimento de uma criança pode também causar algo inesperado, a saber: a depressão.

Após o parto, muitas mães sofrem mudanças de humor e têm crises de choro que logo desaparecem. Outras têm uma experiência mais severa de depressão; conhecida como a depressão pós-parto. Vale lembrar, no entanto, que raramente a depressão pós-parto se transforma no que conhecemos como psicose pós-parto.

A depressão pós-parto não constitui uma falha de caráter ou fraqueza da mãe. Às vezes é simplesmente uma complicação do fato de se dar à luz a uma criança. Para as mulheres que estiverem em dúvida quanto ao seu estado depressivo após o parto, sugerimos que procurem tratamento imediato, pois só isso poderá auxiliá-las no gerenciamento de seus sintomas, permitindo que desfrutem com alegria dos primeiros meses de vida de seus filhos(as).

 

 

 

enviada por
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post