tamanho da letra: A-| A+


09/08/2012 13:52:42.000
Bate-Bola

Coluna Bate-Bola de 9/8/12

A fórmula ideal
A Ponte Preta entra em campo hoje para enfrentar o Grêmio motivada pela preciosa vitória diante do Cruzeiro. O fator decisivo para a conquista de três pontos em BH foi a doação de todos os jogadores em benefício do grupo. Com impecável aplicação tática, a Macaca superou todas as adversidades que surgiram na casa de uma das melhores equipes do campeonato. Guerreira, a Ponte não deixou o Cruzeiro dar as cartas e assim teve condições de tirar vantagem dos erros azuis: o desequilíbrio emocional de Charles, a noite ruim do goleiro Fábio e as alterações convencionais de Celso Roth. O time de Gilson Kleina teve alguns destaques individuais, mas só venceu porque todos se entregaram de corpo e alma à tarefa de bloquear as ações ofensivas do Cruzeiro. Um por todos e todos por um. É a fórmula ideal para um clube que tem um orçamento muito menor do que a maioria de seus concorrentes.

Mais tempo com a bola
Hoje, por atuar em casa e com a expectativa de contar com público maior do que a média registrada até agora, a Ponte tende a sair mais para o jogo. Em BH, marcou muito forte e saiu duas vezes na cara do gol em contra-ataques (marcou na primeira com Cicinho e perdeu a segunda com Marcinho, que se recuperou com um gol de falta). Hoje, a marcação será a mesma, mas a equipe terá que trabalhar mais tempo com a bola nos pés. A confiança adquirida na rodada anterior será importante para que a Ponte consiga superar outra enorme pedra azul em seu caminho.

A frase
“Ele já me humilhou muito. Disse que eu não tinha condição nenhuma de me classificar. Só para calar a boca dele, me classifiquei e conquistei a medalha.”

De Adriana Araújo, medalha de bronze na categoria leve, sobre o presidente da Confederação Brasileira de Boxe, Mauro José da Silva.

Chororô
Sem meias-palavras, o técnico chinês Huang Yubin definiu a conquista da medalha de ouro de Arthur Zanetti como um roubo. Na opinião do treinador, seu atleta Yibing Chen foi derrotado pela arbitragem e não pelo ginasta brasileiro. “ Dia 6 de agosto de 2012 foi uma noite obscura para a história da ginástica. Quando eu vi que a nota de Yibing Chen era apenas 15.8, eu tive um mau pressentimento, porque foi muito abaixo do que ele deveria ter recebido por sua rotina. Em seguida, as notas de todos foram diminuídas, só para dar a oportunidade do competidor brasileiro superá-las. Parecia que, se ele não caísse, o ouro seria dele. Eu não esperava por isso. Roubaram o ouro de Yibing Chen”, afirmou Yubin.

Investigação
O técnico chinês falou muito mais do que isso, usou termos pesados e solicitou que o Comitê Olímpico Internacional e a Federação Internacional de Ginástica investiguem o caso e até mesmo revisem o resultado no quadro de medalhas. Reclamar da arbitragem é algo corriqueiro no esporte, mas nesse caso Yubin exagerou. Acho justo mesmo que o caso seja investigado. Se o ouro de Zanetti foi obtido de forma ilegal, como afirma o treinador, que seja devolvido. Mas se o chinês não tem provas de tudo o que afirmou, deve também ser responsabilizado por isso. Até prova em contrário, 6 de agosto de 2012 foi um dia histórico para a ginástica, com a conquista da primeira medalha nas argolas por um atleta sul-americano. Se não pode provar suas acusações, Yubin deve digerir a inesperada medalha de prata de seu atleta em silêncio.

Reações
Não entendo absolutamente nada de ginástica e não posso fazer nenhum comentário sobre os critérios da arbitragem. Eu vi, porém, a expressão de Yibing Chen ao final da apresentação de Zanetti. A preocupação com a possibilidade de perder a medalha de ouro na última apresentação de sua carreira era clara. Tivesse Zanetti feito uma apresentação tão pobre como avaliou o treinador chinês, Chen só iria se mostrar surpreso após o anúncio da nota. Mas ele ficou surpreso e apreensivo com a performance de seu adversário. Logo após a nota e no pódio, ele não deu nenhum sinal de irritação com a arbitragem. Aceitou a derrota com espírito esportivo, virtude que seu treinador aparentemente não possui.

Pioneiro
Em 1974, Huang Yubin ganhou o ouro nas argolas no Mundial de Ginástica. Foi o primeiro homem chinês a ser campeão na modalidade, assim como Zanetti é o primeiro sul-americano campeão olímpico. Será que há 38 anos os árbitros também prejudicaram os favoritos? Ou será que Yubin não teve tempo para pensar nisso?

Números
1
DERROTA
em casa na Série B sofreu o Vitória. Foi para o Bragantino, na 15ª rodada.

13
DERROTAS
seguidas sofreu o Ipatinga na Série B até vencer o Bragantino, fora de casa, na 16ª rodada.

1
TIME
dos 40 das Séries A e B ainda não empatou: é o Grêmio, que hoje visita a Ponte Preta.

373
MILHÕES DE REAIS
gastou o PSG para ter Lucas, Thiago Silva, Verrati, Ibrahimovic e Lavezzi.

Mais Noticias
enviada por

Nome:       E-mail: 
Quantidade de toques disponíveis:
Não divulgar meu e-mail   
Digite os caracteres que você vê na imagem
Imagem de Segurança