tamanho da letra: A-| A+

28/06/2012 16:43:02.000
Amigo é coisa para se guardar...

 Procurei em livros algum texto pronto sobre a amizade. Afinal, quem não gosta de uma frase de efeito? Queria uma definição simples ou um resumo do que leva as pessoas a partilharem segredos, tempo e histórias uma com as outras. Achei essa:“Éramos amigos e agora somos estranhos um ao outro. Mas não importa que assim o seja: não procuremos escondê-lo ou calá-lo como se isso nos desse razão para nos envergonhar. Somos dois navios cada um dos quais com o seu objetivo e a sua rota particular”. Clarisse Lispector escreveu sobre amizade sob uma outra ótica: “Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim”.


Essa semana nossa querida Adriana Menezes deixou o blog .M. Ficou a saudade, a amizade e a certeza de que nossos caminhos sempre – apesar da constante alteração na rota – vão se cruzar. O blog surgiu de um de uma conversa gostosa, de curiosidades, afeto e da amizade entre três mulheres: Adriana, Milene e Carla, como adiantou a Dri no post abaixo. Carlita seguiu para SP mas não deixou de ser querida e amada por aqui. Para continuar o nosso bate-papo, Marcinha veio se unir ao time. E assim se passaram quatro anos de projetos e boas histórias para contar.

Minha ideia inicial era dizer a Adriana que sua amizade é importante, franca e honesta e que não tê-la mais no .M será um processo de aprendizagem, afinal, ela era a participante mais ativa desse espaço. Então Adriana, quero dizer que eu gosto demais da conta de você. Das nossas pseudobrigas, dos nossos encontros e do nosso carinho. Sendo assim, só me é dado o direito de torcer para que seus novos planos te deixem feliz. Do lado de cá, existe uma amizade..profunda e serena, dessas que dão gostos de procurar definições....

enviada por: Milene
comentar | ler comentários(1) | envie esta mensagem | link do post

27/06/2012 15:56:16.000
Tchau meninas (e meninos!)

Hoje eu estou me despedindo do .M - na foto, eu sou esta do meio.

Mas continuo aqui por perto. Salto deste cafofo delicioso para um blog aqui ao lado, batizado de Na Hora do Café (http://www.rac.com.br/blog/58/na-hora-do-cafe). Espero vocês por lá para tomar um cafezinho comigo.
Já sinto saudade de minhas duas queridas loiras MM, para com as quais tenho enorme carinho – acho que nem elas sabem o quanto. Também já sinto saudades dos internautas mais assíduos, como o Marquinho, e do ilustre internauta Moacyr Castro.
Uma despedida que se preze tem que ser assim piegas. E como é bom ser piegas com permissão!!!

O princípio

Tudo começou em agosto de 2008, quando nos encontrávamos no hall do jornal para tomar um café e conversar bobagens, às vezes desabafar, ou discutir uma matéria, contar piadas e coisas prazerosas que se fazem com gente querida. Pensamos em transportar este papo para o mundo virtual compartilhando com os internautas estas nossas alegrias momentâneas.
Formou-se o trio Carla Martela, Milene Moreto e Adriana Menezes, mulheres diferentes, mas iguais, ou seja, todas com opinião e vontade de falar, mas cada uma do seu jeito. Milene tomou a liderança e batalhou pelo espaço. Começamos a nos divertir aqui no .M. A linda e decidida Carla saltou para São Paulo, deixando saudade, e a MM Márcia Marcon completou novamente o .M, mantendo intacta a concepção original – só entra Mulher com M. Isso mesmo, M maiúsculo de Mulher de Verdade e M no sobrenome!
Um novo trio estava formado: Milene Moreto, Adriana Menezes e Márcia Marcon. O blog hoje tem leitoras internacionais, nacionais, regionais, locais e internas (as internas são nossas famílias e a turma da redação!)
Aqui eu compartilhei com vocês algumas músicas, filmes, livros e opiniões. Dividi descobertas gastronômicas, receitas, alimentos saudáveis e delícias da vida. Falei de lugares que visitei e gostei, indiquei passeios, exposições, peças de teatro, shows. Também contei para todos como resolvo minha relação com o tempo, que passa tão rápido e traz um novo corpo, mas também uma nova cabeça. Falei de moda, beleza, estética, atividade física, filhos, relacionamento, notícias e piadinhas.
O fato é que eu me diverti muito nestes quatro anos, período ao longo do qual saí do jornal, mas continuei neste espaço virtual.
Nas vezes em que fiquei sem escrever por muito tempo, senti saudade. Tudo foi um aprendizado. Procurei não fazer deste espaço um diário pessoal, ao mesmo tempo que evitei o caráter meramente jornalístico. Tentei o equilíbrio destas duas correntes que me puxam.

E adorei!

Mas agora é finito.

Na Hora do Café pretendo focar um pouco mais na bebida (obviamente), preservando a liberdade de passear por todos os temas que cabem muito bem quando acompanhados por um cafezinho.

Passe por lá!

Beijo enorme para quem não conheço e para aqueles amigos e conhecidos que, de vez em quando, me dizem ter dado um pulo aqui no .M. Que continuem.
 

enviada por: Adriana Menezes
comentar | ler comentários(7) | envie esta mensagem | link do post

25/06/2012 11:44:39.000
Novos hábitos

Continuo fiel ao meu suco diário de fruta com couve (abacaxi principalmente). Também estou cada dia mais adepta das farinhas integrais, eliminando a farinha branca. E agora adotei mais uma novidade alimentar: óleo de coco, no preparo da comida e na salada. Ele é mais saudável e ajuda no emagrecimento. Só tem uma desvantagem: ainda é muito caro no mercado.

enviada por: Adriana Menezes
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

25/06/2012 11:41:22.000
Mudanças

Fase de mudança. Neste semestre, cozinhei como nunca havia cozinhado antes, trabalhei igualmente e estudei na mesma proporção. Pois é, estudei mesmo. Já passei da idade para isso, mas fui mais uma vez buscar nas melhores fontes um pouco de reciclagem, inspiração e motivação. Encarei mais uma especialização em minha vida. Foi uma decisão acertada, mas isso me custa muita coisa, principalmente tempo. Aqui na foto estou com uma destas fontes nas quais busquei inspiração neste semestre, o jornalista Alberto Dines, hoje no comando do Observatório da Imprensa. Na foto, ele autografa minha velha edição de seu livro "O papel do jornal", que obviamente ele reavalia nestes nossos tempos de transformação na comunicação. No entanto, conceitos básicos sobrevivem e sempre devem ser lembrados.

enviada por: Adriana Menezes
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

24/06/2012 20:53:29.000
O olhar crítico de Rose Marie

A francesa Rose Marie registrava em seu diário o que achava do Brasil de 1817, ainda colônia portuguesa. Lendo trechos do que ela escrevia, não há dúvida de que ela seria uma blogueira sensacional se vivesse no século 21. Rose Marie registrava opiniões como: “Pena que um país tão lindo não seja colonizado por uma nação ativa e inteligente”.

Sem papas na língua, ela gostava de dar sua opinião. “Os brasileiros se destacam pela abundância, mais do que pela elegância do serviço”. Mas é bom contextualizar que, menos de dez anos antes, a França de Napoleão invadira Portugal, provocando, inclusive, a vinda para o Brasil do rei e de toda a corte, em fuga. Ou seja, politicamente não havia uma relação tão amistosa entre Portugal e França.

Olhar fashion

Em 1818, o casal foi embora do Brasil, mas retornou em 1820, quando foi recebido por D. João VI e toda a família real em uma festa no Palácio de São Cristóvão. Rose Marie anotou sem seu diário: “O rei é simpático, porém de pouca majestade. O príncipe real (futuro imperador D. Pedro I) tem uma bela figura, mas suas maneiras são más e seu ar é comum. Vestia uma casaca marrom e calças de nanquim, o que me pareceu um pouco ridículo, às oito horas da noite, em uma grande festa dada ao público”.

Rose Marie era impiedosa nos comentários. Sobre a princesa Leopoldina, esposa de D. Pedro I, ela dizia: “Não pude ver nas maneiras da princesa real a aparência nobre e tão cerimoniosa de uma dama vinda da corte da Áustria. Aqui ela não cuida da toilette e da elegância natural do seu corpo. Para esta festa (...), a nossa pobre austríaca estava vestida de um traje de montar, cinzento, feito de uma fazenda ordinária, mostrando uma blusa de pregas, os cabelos em desordem e levantados por um pente de tartaruga. Não é feia. Penso até que, bem vestida, deve ficar muito bem. As outras princesas estavam com roupas de cetim, flores e plumas na cabeça”.

enviada por: Adriana Menezes
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

24/06/2012 20:48:25.000
A ousadia de Rose Marie

A história da humanidade está repleta de relatos sobre mulheres incríveis e admiráveis. Normalmente, se destacam pela ousadia. Quando esbarro nestas personagens fico encantada. Foi o que aconteceu quando eu estava lendo “1808” (de Laurentino Gomes) e cheguei ao capítulo 21, Os Viajantes. Na primeira vez que li, ela passou despercebida; mas na segunda a história de Rose Marie, contada em apenas alguns parágrafos, me chamou a atenção.

Em 1817, Rose Marie de Freycinet tinha 25 anos e era casada com o oficial da Marinha francesa Louis Claude de Soulces de Freycinet. Ele foi informado de uma missão científica que o deixaria dois anos longe de casa, no comando de uma viagem cujo objetivo era explorar a América do Sul, as ilhas do Pacífico Sul, a Índia e a costa da África.

Rose Marie não gostou da ideia de ficar sem marido por tanto tempo. Resolveu cortar o cabelo, enfaixar os seios e embarcar clandestinamente no navio, disfarçada de homem. Não precisa nem dizer que, naquela época, a presença de mulheres era proibida em missões da Marinha. Já em alto-mar, ela procurou o marido para dizer que estava lá. Ele teve de contar a toda a tripulação que, por sorte, aceitou.

A ousada Rose Marie foi a primeira mulher a dar a volta ao mundo em um navio e deixou uma grande contribuição com os registros que fez em seu diário sobre os hábitos de viagem, os lugares e inúmeros detalhes. Em dezembro de 1817, desembarcava no Brasil Rose Marie e Louis Claude com sua tripulação.

enviada por: Adriana Menezes
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

24/06/2012 20:00:01.000
Um marcador especial

Para presentear ou para uso pessoal, este é um marcador de livro charmosíssimo. Trazido por Dani Prandi – amiga querida e admirável -, diretamente da Turquia, eles estão à venda no site www.marcadoresgalatas.com.br. Um mimo!

enviada por: Adriana Menezes
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

24/06/2012 19:30:31.000
Homem lindo

Ser ou não ser gay, definitivamente, é problema do John Travolta, que tem todo o direito, como qualquer um, de fazer a sua opção. Mas a grande questão é que ele enganou por décadas um número incontável de mulheres apaixonadas por suas covinhas nas bochechas, seus olhos azuis, seu charme, seu quadril rebolante dos Embalos de Sábado à Noite e de Greese.

Toda aquela masculinidade era uma farsa!

Ainda adolescente, quando vi John Travolta dançando e cantando no cinema, ele se transformou no meu ideal de beleza masculina. Os homens costumam pensar que só eles ficam apaixonados por mulheres como Sofia Loren, Marilyn Monroe e tantas musas – de ontem e de hoje –, mas estão redondamente enganados, porque mulheres também se apaixonam por inatingíveis homens lindos que passam a habitar as suas mentes.

Com todas estas revelações na mídia sobre John Travolta, os meus ideais de beleza masculina estão se desconstruindo e toda minha percepção da masculinidade está abalada. Agora só falta aparecer alguma notícia parecida sobre Chico Buarque. Aí vai ser o fim.

enviada por: Adriana Menezes
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

29/05/2012 20:56:13.000
Boa deixa...

Na redação, as notícias trançam por todos os lados. E, no intervalo para o cafezinho, as mais talentosas aproveitam a folga para, ao invés de fazer "tricô", trançar as madeixas.

O fotógrafo Leandro Ferreira fez um frila para o .M e clicou os cabelos loiros

 

enviada por MM
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

17/05/2012 23:06:12.000
Congestionamento

Em dia de caos no trânsito com reflexos em todos os cantos, não foi diferente na redação, e o .M deixa pra amanhã os flagras dos "solertes" jornalistas! Confiram!

enviada por MM
comentar | ler comentários(4) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:14:31.000
Executivo
foto: Diogo Zacarias

O xadrez prova neste look que pode ser usado com discrição. Nesta composição o modelo é voltado para executivos...bem composto com um suetér para amenizar as noites mais frias enquanto os olhos estão fixos no jornal.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:12:45.000
Sobretudo
foto: Diogo Zacarias

Com ares de mistério, a editora esconde muita coisa dentro deste longo casaco...a começar pelo charme na hora da foto.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(1) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:11:35.000
Editora fashion
foto: Diogo Zacarias

Se já não bastasse ter escolhido o xadrez para seu vestidinho modelo boneca, a editora do Correio Popular fez questão de caprichar no look com uma meia preta fio 80 e botinha para proteger do frio.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:09:08.000
Country
foto: Diogo Zacarias

Embalada pela música sertaneja, nem tão universitária, esta repórter desfilou ontem pelo Grupo RAC com o mais puro xadrez, mas se negou a cantarolar o hit: "eu me amarrei"

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:07:41.000
Vestido pela mulher
foto: Diogo Zacarias

Sabemos quem é que escolhe o vestuário deste editor. Parabéns! A camisa foi escolhida com muito cuidado para a comemoração dos 15 anos de casamento. Eba! Festa...

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(2) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:07:00.000
Bate a foto!
foto: Diogo Zacarias

Aguardamos comentários....

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(4) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:06:18.000
Trabalho em harmonia!
foto: Diogo Zacarias

Se já não bastasse dividir a mesa de trabalho, dois repórteres da RAC parece que também combinaram os modelitos, mas em cores diferentes. Quem escuta esses dois jornalistas durante o horário de expediente, garante que a convivência é, digamos, pacífica.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:02:54.000
Sobriedade
foto: Diogo Zacarias

Séria e compenetrada, uma das repórteres do Grupo RAC preferiu adotar o xadrez em um modelito mais executivo, um tailler. Fez bonito!

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 21:01:23.000
Me dá que eu vou!
foto: Diogo Zacarias

Sem vestir nenhuma peça de xadrez, uma repórter assanhada do caderno de Cultura do Correio Popular, não teve pudores ao enxergar um guarda-chuva xadrez alheio. Para participar desta galeria, valeu até fazer pose.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 20:59:42.000
Cuidado com a imagem
foto: Diogo Zacarias

Acostumada a pegar os melhores ângulos das cenas dos entrevistados e melhorar, cortar, colar e fazer das imagens notícia, esta mocinha que é mineira também apostou no xadrez como peça-chave para esta estação.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 20:58:02.000
Xadrez no frio
foto: Diogo Zacarias

Como diria a vovó, o xadrez parece "ornar" com o clima mais frio. Quem entende de "palavras riscadas" também aderiu à moda do momento e ficou bem na cena.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 20:56:36.000
Vermelho
foto: Diogo Zacarias

O xadrez também foi escolhido lá pelas bandas culturais.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

16/05/2012 20:55:24.000
Moda no Xadrez
foto: Diogo Zacarias

Por incrível que pareça grande parte da redação do Correio decidiu vestir roupas com estampa xadrez. Tá na moda! Confira as mais variadas versões no estilo de repórteres e editores do Grupo RAC.

 

O primeiro modelito é da versão masculina de quem entende muito deste País.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(0) | envie esta mensagem | link do post

15/05/2012 21:12:55.000
Proteção campeã
foto: Diogo Zacarias

Depois de tanto gritar tricampeão, o torcedor santista lança mão de um cachecol preto para garantir a boa voz e dar uma bronca na reportagem (a qualquer segundo).....

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(1) | envie esta mensagem | link do post

15/05/2012 21:09:57.000
Da feira para a redação
foto: Diogo Zacarias

Tem repórter que não abre a mão de desfilar com cores e sabores retrôs. O que vai dentro da sacola bacanérrima, ela não revela....

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(1) | envie esta mensagem | link do post

15/05/2012 21:08:46.000
Disco
foto: Diogo Zacarias

Na dúvida se revela ou não sua identidade, o gosto musical de alguns repórteres barra qualquer tipo de anonimato.

enviada por Milene e Marcia
comentar | ler comentários(2) | envie esta mensagem | link do post