1. Você está aqui:  
  2. Home
  3.  > 
  4. notícias
  5.  > 
  6. Campinas e RMC

Pai fazia filha de 10 anos assistir filme pornográfico


A mãe registrou um BO em Campinas e disse à polícia que desconfiou do comportamento agressivo e triste da criança


19/10/2011 - 08h29 . Atualizada em 19/10/2011 - 08h35
Notícia Já    
Compartilhar

O caso foi para a Delegacia da Mulher de Campinas
(Foto: Cedoc/RAC)

Um homem de 33 anos, morador do Jardim América, em Campinas, obrigava a filha de apenas 10 a assistir filmes pornográficos com ele. Durante a sessão, ele ainda mandava a menina tocar ‘naquilo’. O caso foi descoberto pela mãe da criança, depois que ela encontrou os filmes no aparelho de DVD. 

Além das mídias, a mãe também passou a observar que a filha apresentava comportamento agressivo e melancólico. O caso foi registrado no 1° DP como estupro de vulnerável e será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher. Como não foi flagrante, o pai deve responder o processo em liberdade. A criança passará por exame de corpo de delito pra confirmar se foi abusada. Caso comprovado, ele responderá por 2 crimes: o de estupro, cuja pena varia de 8 a 15 anos, e o que trata do uso de material pornográfico, pelo Estatuto da Criança e Adolescente, com pena de 2 a 6 anos. 

A mãe da menina contou à polícia que por diversas vezes encontrou filmes pornôs no aparelho e quando perguntava ao marido sobre tais DVD´s, ele alegava que tinha assistido e esquecido de tirar do aparelho e guardar. Desconfiada, a mãe passou a questionar com a filha até que a menina lhe contou a história toda. Em uma das ocasiões, segundo a criança, o pai chegou a colocar o dedo em sua vagina. Até ontem à tarde, o caso ainda não havia chegado na Delegacia da Mulher.