1. Você está aqui:  
  2. Home
  3.  > 
  4. notícias
  5.  > 
  6. Campinas e RMC

Chafariz é transformado em lixo no Centro


Um chafariz instalado na Praça 9 de Julho, área central de Campinas, é motivo de reclamação dos comerciantes da região.


04/08/2012 - 08h47 .
Felipe Tonon   DA AGÊNCIA ANHANGUERA  

Mulher observa sujeira dentro do chafariz
(Foto: Flávio Grieger/AAN)
Tags

Um chafariz instalado na Praça 9 de Julho, área central de Campinas, é motivo de reclamação dos comerciantes da região. A construção está sem manutenção e acumula água parada e lixo. O chafariz fica em frente à Rua Saldanha Marinho, um do setores mais degrados do Centro da cidade. O local, que já serviu de chuveiro público para as pessoas que frequentam a região e moradores de rua, hoje é utilizado como banheiro.


A Prefeitura diz que irá promover a limpeza do chafariz. Ao lado do Viaduto Miguel Vicente Cury e do camelódromo, a Praça 9 de Julho não fica devendo quando o quesito é abandono. A marca da praça é o chafariz, degradado pelos moradores.
De acordo com o vendedor Alessandro Costa Souza, de 37 anos, que trabalha em uma loja em frente ao monumento, a Prefeitura realiza manutenção no local, mas não se lembra quando foi a última vez. “Esta semana mesmo liguei para o 156 pedindo a limpeza. Está feio o negócio”, disse.

A preocupação também é com a dengue. Um caso da doença foi registrado na região. “A Prefeitura vem aqui na loja e pede para olhar nossa caixa d’água para ver se não tem dengue, mas não vão no chafariz. Entregaram informativo para nós sobre um caso que houve aqui na região, mas não adianta a gente fazer a nossa parte se o poder público não faz a dele”, disse.


O comerciante Marcos Amaral, de 53 anos, que há 15 possui uma loja na região, afirma que não há o que fazer, a não ser desativar o chafariz. “Se deixar funcionando tomam banho, se desligam, vira banheiro. O único jeito é cobrir ou colocar um muro na frente”, afirmou.
De acordo com o Departamento de Parques e Jardins, uma vistoria foi feita ontem para providenciar a limpeza, que não tem data para acontecer. A Secretaria de Serviços Públicos informou que uma intervenção maior depende de estudo prévio e que não existe nenhuma análise para alterações na praça. A princípio, apenas a limpeza do chafariz será mantida, mas a Prefeitura não informou com que frequência o trabalho é realizado