1. Você está aqui:  
  2. Home
  3.  > 
  4. notícias
  5.  > 
  6. Educação

Ensino a distância cresce 4 vezes mais que presencial


Modalidade cresce 26% na região de Ribeirão Preto em um ano, contra alta de 6% em cursos tradicionais


12/06/2012 - 21h58 .
Gazeta de Ribeirão   Grupo RAC  
Compartilhar

Juliano Lucas é aluno de curso a distância e diz haver preconceito
(Foto: Gazeta de Ribeirão )

A procura por cursos à distância (EAD) cresceu 26,9% nas instituições de ensino superior (IES) privadas da Região de Ribeirão Preto entre 2009 e 2010, enquanto o aumento de matrículas em cursos presenciais nas IES públicas e privadas foi de “apenas” 6,1%, no mesmo período. 

Os dados foram divulgados pelo Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp), durante a Jornada Regional na cidade. 

Segundo Rodrigo Capelato, diretor executivo do Semesp, o crescimento em geral é um reflexo do mercado que vem exigindo, cada vez mais, mão de obra qualificada, e a ascensão da economia, que permite que as pessoas tenham acesso à universidade privada. 

No caso da EAD, Capelato acredita que ela veio para resolver o problema de grande parte da população que não teve a oportunidade de frequentar o ensino superior. “Com o EAD as pessoas têm a chance de se qualificar, se especializar, de acordo com o estilo de vida que elas levam”, ressaltou. 

Para o presidente do Conselho Municipal de Educação, José Marcelino de Rezende Pinto, o crescimento do EAD é preocupante. Segundo ele, ao optar por uma graduação pelo sistema, o estudante não vai absorver a mesma qualidade que as aulas presenciais oferecem, principalmente no caso das licenciaturas —formação de professores. “A seleção do EAD, por ser mais fácil, acaba atraindo um público com carências em sua formação.” 

Ele ainda aponta que o ensino à distância apresenta um alto índice de evasão, porque, em muitos casos, o estudante não se adapta à metodologia. 

A coordenadora do Pólo EAD da Faculdade Anhanguera de Ribeirão Preto, Magda Chinellato, defende que os seis cursos na modalidade EAD oferecidos pela instituição garantem ao aluno a mesma qualidade que os presenciais. 

“O EAD oferece o tutor presencial, que faz o fechamento das teleaulas, tira dúvidas, e acompanha as atividades práticas supervisionadas que compõem as notas dos alunos”, explicou.